Acompanhe minuto a minuto Brasil X Suíça

ROSTOV - O Brasil é o único país que participou de todas as Copas e a única nação pentacampeã mundial. Poucas equipes se sentem tão à vontade  na maior competição do mundo quanto a brasileira. Mas hoje, em sua estreia na Rússia, contra a Suíça (15h, horário de Brasília), a seleção tem como missão maior promover o reencontro do torcedor brasileiro com a Copa do Mundo, uma paixão seriamente abalada pelo trágico desempenho há quatro anos, quando viu sua endeusada e até bem pouco tempo adorada seleção ser humilhada, dentro de casa, por alemães (7 a 1) e holandeses (3 a 0). 

>> Acompanhe minuto a minuto

A esperança é que uma boa atuação na estreia, com vitória e atuação convincente, reconecte a seleção com o torcedor brasileiro. Se isso acontecer, já será meio caminho andado para a Copa voltar a mobilizar a população, como sempre aconteceu. A equipe comandada por Tite parece ser, no momento, a única coisa capaz de levantar a autoestima do brasileiro, tão abalada pela sequência infindável de escândalos e desmandos em todas as áreas, em todos os poderes.