Mundial começa amanhã nas páginas do JB com a estreia de craques do colunismo esportivo

A Copa do Mundo da Rússia só começa para valer na quinta-feira, mas nas páginas do JORNAL DO BRASIL o Mundial começa amanhã, quando entra em campo a equipe de colunistas que contará diariamente as histórias, os dramas e os bastidores do evento esportivo que mais mobiliza gente no planeta. E, já no primeiro dia, quatro craques deixarão suas impressões sobre o que a seleção de Tite poderá fazer na Rússia.

O jornalista Juca Kfouri é um dos integrantes do quinteto de ouro do JB. Juca acompanha profissionalmente a Copa do Mundo desde 1970. Já são 13 Mundias no currículo. Esta será sua nona Copa in loco. O jornalista já escreveu na “Placar”, na “Playboy”, na “Folha de S.Paulo”. Fará, amanhã, sua estreia no JB. “Escrever para o JB é como fazer pós-graduação na imprensa brasileira. É uma honra”, comemora Juca, que escreverá aos domingos, segundas, terças e quintas, e sempre no dia e na data seguinte aos jogos da seleção brasileira.

O tricampeão mundial Tostão, craque também das letras, é mais um escalado no time do JB. Escreverá aos sábados, domingos e segundas, além do dia e depois das partidas do Brasil. 

Outro craque escalado é o jornalista Paulo Vinícius Coelho, o PVC, que dará suas opiniões às segundas, quintas e domingos. Além, é claro, nos dias seguintes aos jogos da seleção. “Mais do que um prazer, escrever no JB é uma honra. É o veículo que mais influenciou o jornalismo brasileiro”.

Renato Maurício Prado continuará com sua coluna durante o Mundial, e o jornalista Nélson de Sá, especialista em cobertura internacional, trará a visão da imprensa estrangeira sempre às quartas-feiras. 

--------

"Escrever para o JB é como fazer pós-graduação na imprensa brasileira. É uma honra” JUCA KFOURI

"Mais do que um prazer, escrever no JB é uma honra. É o veículo que mais influenciou o jornalismo brasileiro” PVC