Manifestantes são detidos pelo Batalhão de Choque no Rio  

Dois manifestantes, Pablo Rodrigues Lopes Leal dos Santos e Fernando Silva Alcântara, foram detidos por policiais do Batalhão de Choque próximo à Quinta da Boa Vista, zona norte do Rio. Segundo policiais eles serão levados para a 17º Delegacia de Polícia.

Os dois participavam da manifestação que começou do outro lado da linha férrea, na Avenida Radial Oeste. A ação da polícia para conter os manifestantes, inclusive com o lançamento de gás lacrimogênio por soldados do Batalhão de Choque, dispersou as pessoas a cerca de 800 metros do Estádio do Maracanã.

Grupos de manifestantes atravessaram a passarela da estação ferroviária de São Cristóvão e foram para Quinta da Boa Vista. No momento em que se reorganizavam, mais uma vez os policiais do Batalhão de Choque lançaram bombas de gás lacrimogênio, inclusive do alto da plataforma.

O transito foi interrompido enquanto, pelos rádio, os policiais recebiam informações de que os manifestantes se espalhavam e se dirigiam para outras áreas do bairro da Tijuca.