Jornal do Brasil

Tom Leão

Tom Leão

Séries para se ver um capítulo por vez

Jornal do Brasil TOM LEÃO, nacovadoleao.blogspot.com.br

Houve uma época, muito antes do streaming, em que a gente só podia ver um episódio de série por vez. Uma vez por semana. Alguns até terminavam em suspense, com a famosa frase: ‘na próxima semana!’ (caso do cult sci-fi ‘Perdidos no espaço’, por exemplo). Com a chegada da TV paga, além de mais séries, podíamos ver o mesmo episódio nas reprises diárias. Depois, o DVD nos deu as caixas com as temporadas completas. Mas, ver a hora que quisermos, de uma vez só, ‘maratonando’ várias, só a partir dos serviços de streaming.

Macaque in the trees
Perry Mason (que já renovou nova temporada) está em cartaz no HBO (Foto: Reprodução)

Contudo, há quem goste de ver como antes. E ainda tem séries que são exibidas assim. Como é o caso do tradicional horário dominical das 22h, no HBO. Nos últimos 30 anos, assistimos lá, assim, de ‘Família Soprano’ a ‘Game of thrones’, esperando, ansiosamente, a próxima semana chegar. A série atual é ‘Perry Mason’ (que já renovou nova temporada), detetive investigativo que encantou nossos pais (avós?), nos anos 1960, em preto e branco. Agora vemos o Mason antes da fama. E com situações mais violentas do que na clássica série.

No entanto, um serviço de streaming ainda não muito popular aqui, o StarzPlay, vem exibindo suas produções originais - um capítulo por vez aos domingos. Acabaram de exibir a série policial ‘Hightown’ (que, agora, já pode ter todos os seus dez episódios assistidos direto). E estreou, há duas semanas, a sensual ‘P-Valley’ (que, na dúvida, ficou sem tradução, porque seria algo como ‘vale das xoxotas’, nome do clube de strippers onde se passa, o Pussy Valley, no delta do Mississipi).

Baseado em peça da premiada dramaturga Katori Hall (autora do musical da Broadway ‘Tina’, sobre a vida de Tina Turner), que também assina os roteiros, ‘P-Valley’ acompanha a vida de mulheres que trabalham no citado inferninho, focando mais numa delas, Autum Night (a estonteante Elarica Johnson, que é inglesa!). Nome falso (claro) de moça que escapou das enchentes de Nova Orleans e aproveitou a oportunidade para trocar de vida/nome, indo trabalhar no P-V. Ainda não sabemos do que ela está fugindo. Só quando for ao ar o oitavo - e último - episódio, em agosto. A série não poupa em cenas de nudez. Vai muito além do mostrado no filme ‘As golpistas’. Acabou de ser renovada para uma segunda temporada. Vale a vista.

R.U.G.I.D.O.S

*Acompanhando a tendência dos grandes eventos nacionais e internacionais, a EXPOCINE terá uma edição completamente digital em 2020. A maior convenção de negócios do mercado cinematográfico latino-americano acontecerá nos dias 15 e 16 de outubro, no site www.expocine.com.br

*Este ano o CINEFANTASY - Festival Internacional de Cinema Fantástico - completa 10 anos de existência, e acontecerá na plataforma Belas Artes A La Carte, com um total de 37 sessões com 140 filmes de 29 países diferentes, de 7 a 20 de setembro. A abertura oficial é com a première mundial do filme ‘O Cemitério das Almas Perdidas’, de Rodrigo Aragão.

*O Amazon Studios encomendou a série ‘Paper Girls’, baseada na história em quadrinhos do premiado escritor Brian K. Vaughan e do ilustrador Cliff Chiang. A trama segue quatro meninas que, enquanto entregavam jornais na manhã seguinte ao Halloween de 1988, se veem involuntariamente em um conflito entre facções de viajantes do tempo, e precisam salvar o mundo.

*Dos mesmos produtores de “Tropa de Elite”, e premiado como “Melhor Filme” no Brooklyn Film Festival, o longa brasileiro MACABRO, dirigido por Marcos Prado, estreia no Cine Belas Artes Drive-In, em São Paulo e no Lovecine Drive-in, no Rio de Janeiro, a partir do dia 28 de julho.