Jornal do Brasil

Tom Leão

Tom Leão

Hunters: Os Caçadores de Nazistas

Cotação: quatro estrelas

Jornal do Brasil

Já está disponível no serviço de streaming Prime Video, da Amazon (desde 21 de fevereiro), a série original “Hunters”, de David Weil. Ela marca a estreia do premiado Al Pacino (que só ganhou o Oscar de ator em 1992, pelo filme “Perfume de mulher”, embora tenha feito outros papéis muito melhores do que este, como em “Um dia de cão” e “O poderoso chefão”) na TV. Na verdade, Pacino estreou numa série policial, “N.Y.P.D”, em 1968. Mas, num papel pequeno e num único episódio. Agora, ele é o ator principal e o mais importante do elenco.

Macaque in the trees
Hunters marca a estreia do premiado Al Pacino na TV (Foto: Reprodução)

E chamar “Hunters” simplesmente de ‘série de TV’ (até porque vivemos novos tempos, vemos tudo em diversas plataformas e mídias) é reduzir bastante as qualidades da atração, já que TV sempre tem um peso menor do que cinema, geralmente. O piloto, por exemplo, é um sensacional filme de 90 minutos, que não apenas vende muito bem a ideia, como deixa gosto de quero (muito) mais, com um bom gancho para sequência (são 10 episódios).

A trama acompanha um grupo de caçadores de nazistas em Nova York, em 1977 (usando fatos que realmente aconteceram na época, como o blecaute, muito bem inseridos na ficção). Os Caçadores, como são chamados, descobrem que existem centenas de nazistas do alto escalão vivendo livremente entre nós e conspirando para estabelecer um Quarto Reich nos EUA. O time dos Caçadores (que lembra personagens de quadrinhos; aliás, não faltam referências a HQs na série) inicia uma jornada violenta para trazer estes nazistas à justiça. Entre eles, nomes respeitados, como o cientista aeroespacial Werner von Braun.

Além de Pacino (como Meyer Offerman, o milionário judeu que banca o grupo de caçadores; aliás, é o único ator não-judeu do elenco anti-nazi), “Hunters” conta no elenco com Logan Lerman (da trilogia “Percy Jackson”), como o jovem aspirante a caçador que tenta vingar a morte de sua avó; os veteranos Carol Kane, Saul Rubinek, e Dylan Baker (de “Beleza americana”); além de Lena Olin, como A Coronel, o nêmesis de Offerman, que comanda o grupo dos neo nazis. Um programa imperdível, que vale a assinatura.

RUGIDOS:

*Foi lançada nesta semana uma nova plataforma de streaming, a Filme Filme. A programação será dividida em três categorias: Filmes de Festivais, Populares e Documentários. A plataforma é dividida em dois ambientes: Filmes em Cartaz, com apenas 12 filmes e estreias semanais, para que o público passe mais tempo assistindo do que procurando um filme; e Catálogo, com muitas opções de títulos, para quando eles tiverem mais tempo para procurar um filme.

*A Starzplay traz para a plataforma, em março, clássicos do cinema, séries consagradas e novidades no circuito brasileiro. As três temporadas do épico ‘Spartacus’ já estão disponíveis. Bem como as duas temporadas da comédia dramática ‘Vida’.

* Dois novos episódios da série ‘Aéreas’, que sobrevoa os Estados Unidos, irão ao ar nos dias 4 e 11 de março, às 23h, no Smithsonian Channel. As cidades enfocadas desta vez são Boston (onde foi construída a primeira biblioteca, a primeira escola pública e o primeiro sistema de trens subterrâneos dos EUA) e Dallas.

* Nova temporada da faixa “É Tudo Verdade” estreia no Canal Brasil com a exibição de ‘Meu nome é Daniel’. Nesta sexta, 6/03, às 16h; e domingo, 8/03, às 11h25.