Jornal do Brasil

Tom Leão

Tom Leão

It: de livro a minissérie a blockbuster

Jornal do Brasil

A maioria dos livros do escritor americano Stephen King são calhamaços, daqueles que você leva semanas lendo (mesmo as versões condensadas são longas). Por isto, muitos deles já foram adaptados como minisséries para a TV. E, no cinema, quando isso não acontece, os filmes ficam insatisfatórios ou faltando muitos detalhes (vide ‘O apanhador de sonhos’ ou ‘A torre negra’, por exemplo). Os que derivam de contos, como ‘Carrie’, rendem bem melhor, porque mais curtos.

Por isso, a primeira vez em que tomamos contato com uma adaptação de "It” – um baita livrão, lançado em 1986 - foi sob a forma de filme para TV, em 1990, produzido pela Lorimar e distribuído Warner Bros. No Brasil, ganhou o nome de ‘It: a obra-prima do medo’, e foi exibida aqui sob a forma de minissérie, na TV aberta (SBT) e cabo, por conta de sua longa duração (cerca de quatro horas). Em VHS, saiu num pack com duas fitas. Na TV americana, foi exibido em duas partes, em dois dias seguidos.

Macaque in the trees
(Foto: Reprodução)

Desta forma, nada ficou de fora da adaptação, dirigida por Tommy Lee Wallace (o falecido George Romero tinha sido o primeiro nome cogitado, mas estava ocupado). O livro, assim como o filme/minissérie, é dividido em duas partes distintas: a primeira, passada nos anos 1960, mostra um grupo de amigos, todos ainda na pré-adolescência, às voltas com um demônio, que aparece para as crianças sob a forma de palhaço, para assim atraí-las. Depois de uma série de eventos, parece que eles conseguem derrotar a criatura. Contudo, 27 anos depois, quando todos já estão adultos e vivendo as suas vidas, a ameaça volta a cidadezinha natal deles, Derry, no Maine.

Como acontece em vários de seus livros, King sabe lidar muito bem com as memórias dos anos 1960 (sua própria adolescência, presente em vários de seus livros/filmes), grupos de jovens e terror em cidadezinhas pacatas. O palhaço do mal (na verdade, um e.t.), Pennywise (caracterização incrível de Tim Curry, o mesmo ator que fez o Dr. Frank-N-Furter, de ‘The Rocky horror picture show’), é realmente assustador. Na época, Pennywise ficou tão popular que batizou uma banda punk rock, ainda ativa.

Embora a parte das crianças (que, no livro, se chamam de The Losers Club, na tradução em português ‘os otários’, e na adaptação para TV foram rebatizados de The Lucky Seven) seja a que mais agrada aos fãs (inspiraram até as de ‘Strangerthings’), o segmento com os adultos ganhou mais destaque, por trazer atores renomados, na época. Entre os quais, Richard Thomas (o eterno John Boy, de ‘Os Waltons’), Annette O´Toole (que foi a Lana Lang, em ‘Superman III”) e o falecido John Ritter.

Na versão atual, que estreou mundialmente esta semana (a parte 1 bateu recordes de bilheteria), a indicada ao Oscar Jessica Chastain faz a ruivinha Beverly, e James McAvoy (que fez o Professor Xavier dos últimos X-Men) é o Billy adulto. Contudo, assim como aconteceu antes, apesar da qualidade do elenco, o segmento com a turma de garotos ainda é a parte mais bacana de ‘It’.

O segundo capítulo apela muito para os efeitos especiais e os sustos são mais previsíveis e estão mais diluídos. Mas, para concluir a história, é um filme OK.

RUGIDOS:

*O Amazon Prime Video apresenta a segunda edição do Savage X Fenty Show, desfile que traz a nova coleção de Outono/Inverno 2019 da marca de lingerie do ícone da moda e da música, Rihanna. O evento acontece durante a New York Fashion Week e será exibida a partir do dia 20 de setembro exclusivamente no Amazon Prime Video em mais de 200 países.

*Dono de uma voz inconfundível, marcada por tons graves, e conhecido por ser uma verdadeira lenda do soul e da disco music, Barry White tem sua trajetória narrada pelo documentário “Barry White: A história do álbum Let The Music Play”. O longa está em exibição no canal Curta! a partir desta semana.

*O Globoplay está lançando 'Marília Mendonça - Todos os Cantos', sua primeira produção documental. A série chegará com exclusividade na plataforma de streaming no dia 13 de setembro.

*A esperada série ‘Watchmen’, baseado em quadrinhos dos anos 80, estreia dia 20 de outubro, na HBO.