Briga de cachorro grande em 2021

...
Credit......

Se 2020 foi o ‘ano covid’, 2021 será conhecido como o ano em que o jogo mudou na indústria do entretenimento. Pelo menos no que se refere ao cinema e aos serviços de streaming. Por conta da pandemia, a maioria dos lançamentos para cinema tiveram as datas alteradas em até dois anos (!). Ou foram direto para o VOD (vídeo on demand), o aluguel digital caseiro, por alguma plataforma. Empresas que produzem parte de seu conteúdo, como Amazon e Netflix, já lançavam seus principais títulos assim.

Mas a Disney, por exemplo, se viu obrigada a jogar dois de seus grandes lançamentos de 2020, ‘Mulan’ (que nos EUA foi alugado à parte, mesmo para assinantes) e ‘Soul’ (animação da Pixar), direto em sua plataforma Disney+ (‘Soul’, entra dia 25 de dezembro), para diminuir o prejuízo e aumentar a base de assinantes.

Contudo, quando a Warner anunciou, semana passada, que em 2021 TODOS os seus lançamentos para cinema sairão também na plataforma HBO Max (que, ainda não decolou, em termos de assinaturas, nos EUA), houve uma grita. Diretores como Christopher Nolan e Dennis Villeneuve (respectivamente de ‘Tenet’, em cartaz, e do esperado ‘Duna’, ambos da Warner), botaram a boca no trombone reclamando da decisão. Aliás, ‘Duna’, que seria lançado este mês, foi para outubro de 21.

O fato é: o jogo virou. 2021 será o palco de uma ‘briga de cachorro grande’, no mundo do streaming, com Disney e Warner, a princípio, lançando seus títulos simultaneamente nos cinemas e em suas plataformas. ‘Mulher Maravilha 1984’, da Warner, que já teve a data de estreia alterada quatro vezes, chega aos cinemas daqui esta semana; e, nos EUA, estará dia 25, também no HBO Max (que ainda não tem data de entrar em operação no Brasil). Os cinemas ficarão como opção para quem gosta de ver blockbusters numa tela grande e com bom som, enquanto que os filmes pequenos e médios sobreviverão no VOD e streaming.

Estamos vivendo um admirável mundo novo para o cinema e o modo como consumimos filmes. O problema é: será que as salas de exibição vão sobreviver a isso?


R.U.G.I.D.O.S

*A Disney anunciou em sua convenção anual que, no ano que vem, exibirá o conteúdo do estúdio Fox, o esportivo do ESPN e as produções de seus selos não infantis (como Touchstone e séries da ABC TV) no Star+, que virá como aba (paga à parte) do Disney+

* Starzplay, o serviço internacional de streaming premium da Starz (não confundir com o Star+, da Disney), anunciou que a segunda temporada da série de sucesso ‘Pennyworth’ (que mostra a vida pregressa do futuro mordomo de Batman, Alfred) estreia no domingo, 28 de fevereiro de 2021. É muito boa.

Macaque in the trees
Pennyworth mostra a vida pregressa do mordomo de Batman, Alfred (Foto: Foto: reprodução)

* A nova série Netflix produzida no Brasil, ‘Temporada de verão’, se passa no Hotel Maresia, em uma ilha paradisíaca. É lá que diversos personagens se conhecem enquanto encaram um verão trabalhando no resort de luxo. As gravações já começaram.

* O Amazon Prime Video anunciou o lançamento de ‘Yearly Departed’. O especial de comédia chega exclusivamente ao Prime Video em 30 de dezembro, em mais de 200 países e territórios. O elenco liderado por mulheres inclui Tiffany Haddish (Girls Trip), Rachel Brosnahan (The Marvelous Mrs. Maisel), Patti Harrison (Shrill), Natasha Leggero (Another Period), Ziwe (Book of Ziwe) e Sarah Silverman (I Love You, America), para comentarem os acontecimentos de 2020.



...
Pennyworth mostra a vida pregressa do mordomo de Batman, Alfred