Jornal do Brasil

Saúde & Alimentação

Saúde & Alimentação

Wilson Rondó Júnior

Ganhe mais tempo e saúde meditando!

Jornal do Brasil WILSON RONDÓ JR, drrondo@drrondo.com

Cada vez mais a meditação vai ganhando adeptos, pois a quantidade de benefícios que ela gera é algo inquestionável e fundamental para nos mantermos com equilíbrio nesse mundo moderno. Na contramão do que se acreditava, dedicar um tempo para meditar pode realmente mudar a sua vida. Tenha a certeza de que se trata de uma poderosa ferramenta de produtividade e saúde! Emily Fletcher, autora do livro “Stress Less, Accomplish More: Meditation for Extraordinary Performance”, é professora de meditação com amplo treinamento em meditação védica por mais de 12 anos. Ela declarou em uma entrevista:

“O objetivo da meditação não é impedir sua mente de pensar. O objetivo da meditação é ser uma ferramenta para aliviar o estresse, e a maneira como fazemos isso dessa forma é que excitamos o sistema nervoso que cria a ordem e damos um descanso profundo ao corpo. O corpo quer nos agradecer por isso, e nos agradece dissolvendo nosso estresse”.

Segundo Fletcher, a meditação nos energiza e nos torna mais produtivos, gerando no corpo um descanso de duas a cinco vezes mais profundo que o sono. Além disso, 20 minutos de meditação vale por uma soneca de 1 hora e meia, sem deixar aquela sensação de ressaca pós-sono tão comum. Assim, você fortalece a conexão entre os hemisférios cerebrais direito e esquerdo, gerando mais criatividade na solução dos problemas, além de aumentar sua produtividade sem gerar mais estresse.

Benefícios da meditação

•memória e atenção aprimorada.

•melhora a qualidade do seu sono, e mesmo dormindo menos tempo, você fica mais descansado.

•melhora a velocidade de processamento.

•estimula a criatividade.

•combate a perda de volume cerebral relacionada à idade, conservando mais massa cinzenta em todas as regiões do cérebro.

•alivia depressão

•influencia positivamente sua biologia e saúde física.

•tem efeitos anti-inflamatórios, podendo beneficiar pessoas que sofram, por exemplo, de artrite reumatoide, doença inflamatória intestinal e asma.

•aumento na produção de antioxidantes, atividade da telomerase e estresse oxidativo.

•afeta a expressão gênica, o que pode aumentar a saúde física e a longevidade em geral.

•regula e diminui a resposta ao estresse biológico, atenuando o risco e a gravidade de doenças que tem ligação direta com essa condição, como depressão, doenças cardíacas, imunológicas e viróticas.

Em suma, a meditação pode ser vista como uma forma de exercício cerebral que fortalece e mantém a pessoa mais jovem por mais tempo.

Alivia doenças relacionadas ao estresse

Trata-se de condições como:

•pressão alta

•distúrbios do sono e fadiga

•dor crônica

•angústia gastrointestinal e síndrome do intestino irritável

•dores de cabeça

•doenças de pele

•problemas respiratórios como enfisema e asma

•depressão leve e síndrome pré-menstrual (TPM)

Diante disso tudo, imagino que você já deva estar considerando começar a meditar. Se sim, prossiga com esse intuito. Os resultados compensam – e muito!

-

Referências bibliográficas:

•Frontiers in Psychology January 21, 2015

•Reuters February 16, 2015

•GMA News February 17, 2015

•Yogabodynaturals.com

•Eurekalert February 12, 2015

•PLOS One DOI: 10.1371/journal.pone.0002576

•PLOS One DOI: 10.1371/journal.pone.0062817

•Stress Less, Accomplish More: Meditation for Extraordinary Performance. Emily Fletcher. 19, Feb, 2019