Jornal do Brasil

Saúde & Alimentação

Saúde & Alimentação

Wilson Rondó Júnior

Autofagia: o segredo da longevidade!

Jornal do Brasil WILSON RONDÓ JUNIOR *, drrondo@drrondo.com

Com o processo de envelhecimento, passamos a ter um aumento de células danificadas e que perdem suas funções. Mas quando você estimula o seu sistema de desintoxicação, ele pode revitalizar as suas células. O modo mais eficiente é através do jejum prolongado, estimulando um processo chamado “autofagia”.

Isso nada mais é do que “autocanibalização” celular: seu corpo promove uma limpeza de estruturas celulares defeituosas, que nessas condições induzem a doenças. Assim se alcança também efeitos numa área da ciência que é o grande futuro da medicina: as células-tronco! Elas agem regenerando as suas células após o processo de autofagia, quando são eliminados agregados proteicos e organelas danificadas. Além disso, promovem degradação de mitocôndrias danificadas e redução da produção de radicais livres.

Conforme envelhecemos, nossas células-tronco perdem a capacidade regenerativa. Como consequência, torna-se mais difícil a recuperação de doenças, traumas, infecções e inflamações. Porém, fazendo-se jejum conforme você verá abaixo, ocorre recuperação da função regenerativa das células-tronco, motivada pela geração de energia às custas de gorduras em vez de glicose.

Os estudos sobre a autofagia mostram:

Longevidade aumentada;

Melhoras as condições metabólicas e neurodegenerativas como Alzheimer e Parkinson;

Pode reverter o diabetes e regenerar seu pâncreas, restaurando a secreção de insulina e a homeostase da glicose no diabetes Tipo 1 e Tipo 2;

Reduz risco de doença cardíaca em 77%;

Redução de hipertensão arterial em 90% em três semanas;

Melhora a recuperação de doenças infecciosas;

Reversão completa de diabetes em camundongos após seis semanas;

Redução de proteína plasmática carbonila em pacientes com câncer, em 73,3%;

Reduz inflamação em pacientes com artrite.

Estratégias para ativar a autofagia e regeneração de célula-tronco

O jejum prolongado cíclico atua como processo ativador de autofagia. Para se ter o resultado de proteção celular e mitocondrial, é necessário pelo menos 16 horas ou mais de jejum. Porém, esse processo não deve ser feito continuamente. É necessário que se permita às células que se reconstruam e rejuvenesçam. Isso ocorre durante a fase de realimentação: por isso jejum cíclico e alimentação são tão importantes.

Atenção: se você tiver alguma condição de saúde ou estiver em tratamento com alguma medicação, precisará trabalhar com seu médico para garantir sua segurança. Alguns medicamentos precisam ser tomados com alimentos e / ou podem se tornar tóxicos quando a química do seu corpo se normalizar. Aqueles que tomam medicação hipoglicemiante ou anti-hipertensiva estão particularmente em risco.

Mantenha os suplementos nutricionais nos intervalos fora do jejum e não esqueça de usar um sal de alta qualidade.

Outra medida importante é o treino supra aeróbico, um tipo de HIIT, de 20 minutos 3 vezes por semana em dias alternados, como o que descrevo em meu livro “20 Minutos e Emagreça”. Portanto, se você quer viver por mais tempo e com saúde, considere os poderosos efeitos da autofagia. Aproveite as dicas e Supersaúde!

-

Referências bibliográficas: Am J Cardiol. 2008 October 1 / J Manipulative Physiol Ther. 2001 Jun / The Conversation. August 21, 2017 / J Cell. Mol. Med. 2007 / Lancet. 1991 Oct 12;338(8772):899-902 / Br J Pharmacol. 2019 May / Toxicol Appl Pharmacol. 2019 Jan / Kim GD. J Cancer Prev. 2017 Dec / Quer Viver Mais e ter uma Saúde Radiante? Estimule a Autofagia! – www.drrondo.com



Tags: Autofagia