Entenda a Relação entre Vitamina D e Hipertensão

A incidência de hipertensão hoje é a segunda maior ameaça à saúde pública. Cerca de 1 a cada 4 adultos apresentam o problema. Saiba que 95% das causas de hipertensão são consideradas idiopáticas ou desconhecidas, entendidas como possivelmente correlacionadas à resistência à insulina, especialmente pela dieta do mundo moderno.

É por isso que as novas diretrizes de pressão sanguínea enfatizam que os pré-hipertensos devem fazer mudanças alimentares e de estilo de vida antes de se medicar. Para pessoas com pressão arterial igual ou superior 140/90, aí sim é recomendado o medicamento – e mesmo nestes casos é importante uma dieta saudável, controle de peso e exercícios. Além disso, há outro fator importante: a vitamina D!

Vitamina D e hipertensão

A deficiência de vitamina D, associada ao consumo de gordura trans, pode levar a aterosclerose (artérias rígidas), e segundo pesquisadores noruegueses essa condição é um fator determinante para a hipertensão arterial. Há 5 fatores que influem nessa questão:

1. Perda de sensibilidade dos barorreceptores. Conforme o sangue passa pelas artérias, há sinalizadores (barorreceptores) indicando a carga de pressão. Eles enviam mensagens para o sistema nervoso aumentar ou diminuir a pressão. Conforme aumenta a rigidez arterial, menos sensíveis eles serão. A deficiência de vitamina D traz comprometimento vascular, como nos casos de diabetes e hipertensão.

2. Exposição ao sol. Induz seu corpo produzir vitamina D. Na sua falta, caem os níveis, o que consequentemente aumenta a produção de hormônio paratireóideo, que eleva a pressão.

3. Óxido nítrico. A exposição ao sol aumenta a vitamina D e o nível de óxido nítrico na pele, promovendo dilatação das artérias e consequentemente redução da pressão arterial.

 

4. Resistência à insulina. A carência de vitamina D promove resistência à insulina e piora a síndrome metabólica, elevando colesterol e triglicérides, obesidade e pressão alta.

5. Ativação inadequada do sistema renina-angiotensina. A vitamina D é um inibidor do sistema (renina-angiotensina) que regula a pressão arterial, e sua deficiência promove respostas inadequadas, elevando a pressão.

 

Portanto, procure fazer exposição ao sol consciente e/ou suplemente a vitamina D. Segundo pesquisas, adultos precisam de 4.000 a 8.000 IUs por dia. Se suplementar com vitamina D3, deve-se associar vitamina K2, magnésio e cálcio, que juntos ativam a proteína Matrix GLA (MGP). Ela se reúne em torno das fibras elásticas do revestimento arterial, protegendo-as contra o endurecimento das artérias. Os valores ótimos de vitamina D devem estar acima de 80 ng/ml. E procure fazer exames de controle para evitar níveis tóxicos.

Converse com seu médico sobre isso. É hora de adotar novas medidas! Vamos lá?

-

Referências bibliográficas:

CDC.gov High Blood Pressure

USA Today September 4, 2012

CDC.gov, Getting High Blood Pressure Under Control

JAMA. 2014;311(5):507-520

PLOS Computational Biology. May 22, 2014

University Herald. May 28, 2014

The Norwegian University of Science and Technology. May 27, 2014

Vitamin D Council, Hypertension

Hypertension. 1997; 30: 150-156

CTV News. January 21, 2014

J Steroid Biochem Mol Biol. 2004 May;89-90(1-5):387-92.

Eurekalert. May 15, 2014

Time Magazine. May 29, 2014

Vitamina D Melhor sua Hipertensão Arterial – www.DrRondo.com

Como melhorar sua vitamina D com exposição solar consciente – www.DrRondo.com