ASSINE
search button

Qual tem sido o papel da VPN no apoio à liberdade de imprensa e relatórios independentes recentemente?

...

Compartilhar

O surgimento da imprensa revolucionou a humanidade. Tal e qual o descobrimento da pólvora, da roda e do fogo, pode-se dizer que foi um dos que mais impactou o dia a dia das pessoas. A partir daí, elas não estavam mais sozinhas para descobrir o que acontecia inicialmente ao redor e, após, em todo o mundo.

De lá para cá, muitas têm sido as ferramentas que têm auxiliado os jornalistas e profissionais da imprensa neste dever de informar o mundo na tentativa de transformá-lo num lugar mais justo. Uma das mais destacáveis recentemente pode ser o uso de uma VPN , sigla para Virtual Private Network, que pode ajudar sobretudo os jornalistas independentes em tempos em que os bloqueios virtuais são cada vez mais comuns.

Entenda mais sobre este software e sua utilização para o jornalismo.

 

O que é uma VPN?

Uma VPN é um tipo de rede desenvolvido especialmente para aumentar o nível de criptografia, ou seja, de segurança para os seus usuários. Uma VPN pode ter muitas finalidades, por exemplo:

Mudança de IP para qualquer país do mundo, o que permite acessar diferentes conteúdos;

Mais segurança para acessar redes wi-fi públicas:

Navegar com mais privacidade;

Pesquisar de forma anônima na internet.

 

Uma VPN pode ser utilizada para muitas finalidades, por isso é um software tão democrático e que tem conquistado cada vez mais pessoas.

 

Como uma VPN pode fazer toda a diferença na vida dos jornalistas

O dia a dia dos jornalistas pode ser consideravelmente arriscado, sobretudo em momentos de maior tensão em alguns países. No Brasil, por exemplo, no início de 2023, foi possível perceber que alguns jornalistas foram agredidos durante manifestações, o que é um sintoma grave.

Em países mais extremistas, portanto, que chegam a dificultar o compartilhamento de informações ou mesmo a divulgação destas para terceiros, o uso de uma VPN pode ser fundamental.

Através deste software, os jornalistas podem mudar a sua localização geográfica, por exemplo, criando e enviando os seus relatórios para outros parceiros ou mesmo para outros veículos de imprensa ao redor do mundo.

Além disso, como alguns lugares bloqueiam todo o conteúdo que chega de fora para os seus cidadãos, o uso de uma VPN pode ser igualmente interessante para que jornalistas e demais pessoas possam saber o que está acontecendo no mundo.

 

Tecnologias que apoiam o uso de uma VPN

As tecnologias costumam caminhar lado a lado, e muitas outras tecnologias podem contribuir para o desenvolvimento das VPN. A tecnologia 5G, por exemplo, que tem garantido altas velocidades de internet no Brasil e no mundo, pode contribuir para que as pessoas consigam usar uma VPN de onde estiverem, sem que a velocidade de conexão seja um problema para se pensar.

 

VPN: um software do futuro

Como foi possível perceber, a VPN é de extrema importância para o jornalismo, mas não só. O software proporciona mais igualdade e a possibilidade de enviar e receber informações de forma mais genuína, em nível profissional e pessoal. Por estes e outros motivos, as VPN têm se tornado tão populares, contribuindo para a democracia e para a segurança virtual de muitos usuários.

 

Roberto Borges é profissional de TI.