Jornal do Brasil

Música em Pauta

Música em Pauta

Mariana Camargo

Cinelândia e Lapa

Jornal do Brasil

Os dois principais templos da música clássica do Rio prometem diversificar ainda mais os ecléticos bairros da Lapa e Cinelândia neste fim de semana. Abrindo a temporada do Theatro Municipal, na sexta-feira, a última ópera escrita por Carlos Gomes, “Condor”, com Coro e Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal sob a regência de Luiz Fernando Malheiro. No mesmo horário, às 20 horas, também na sexta-feira, acontece a abertura da programação de orquestras da Sala Cecília Meireles. Para uma cidade que por vezes é carente de bons concertos, a coincidência dos dois teatros inaugurando suas programações no mesmo dia pareceria a princípio não ser uma boa ideia. No entanto, como são concertos de estilos musicais bastante diferentes, talvez isto não prejudique a escolha do público de ir a um ou ao outro concerto.

Se você é fanático por ópera, deve sem dúvida ir assistir a “Condor”, pois é rara a oportunidade de se ouvir esta obra daquele que é considerado o maior compositor brasileiro de óperas. Por outro lado, a poucos metros da Cinelândia, na Lapa, na Sala Cecília Meireles, a programação é das mais interessantes, em que será executada a Quinta Sinfonia de Claudio Santoro, com a Orquestra Sinfônica Nacional da Universidade Federal Fluminense sob a regência de Tobias Volkmann. Além de Santoro, o concerto da sala apresentará “Passacalha para um novo milênio”, de Edino Krieger e “Suite Masquerade”, de Kachaturian. Uma noite e tanto para a música clássica nos bairros “boêmios” da cidade.

Será também na Sala Cecília Meireles, amanhã às 18:30, o recital da pianista Erika Ribeiro, vencedora de inúmeros concursos nacionais e premiada em mais de outros vinte. A pianista executará obras de Villa-Lobos (“Valsa da Dor”), Beethoven (“Sonata Op. 110”), Debussy (“Deux Arabesques”) e Chopin (“Noturno Op. 55 no. 2” e “Bacarolle, Op. 60”) em uma homenagem à grande pianista Guiomar Novaes (1894-1979), que dá seu nome ao “Espaço Guiomar Novaes” e onde ocorrerá neste dia a reinauguração da escultura de bronze de suas

mãos.

Macaque in the trees
A pianista Erika Ribeiro toca amanhã no Espaço Guiomar Novaes (Foto: Divulgação)

No sábado, às 20h, o concerto na Sala será em homenagem a seus três últimos diretores, João Guilherme Ripper, Jean Louis Steuerman e Miguel Proença. O programa inclui Claudio Santoro (“Miniconcerto Grosso”), Mendelssohn (“Concerto para Piano No.1”) e João Guilherme Ripper (“Cinco poemas de Vinícius de Moraes”). As peças serão executas pela OSB sob a regência de Lee Mills, com Jean Louis Steuerman (piano) e Angélica de La Riva (soprano).

A programação na Sala continuará no domingo com concerto também às 20h, tendo a OSB sob regência de Lee Mills, em que será executado novamente o “Miniconcerto Grosso” de Santoro mais a “Sinfonia No. 3” de Beethoven.

Pelo jeito, a programação da Sala Cecília Meireles vai continuar intensa e de qualidade com o seu novo diretor, Aldo Mussi, que acumula também a presidência do Theatro Municipal.

Está oficialmente aberta a temporada dos dois teatros.