Jornal do Brasil

Marketing, Propaganda, etc.

Marketing, Propaganda, etc.

Renata Granchi

Simplicidade criativa e o humor do anúncio de oportunidade

Jornal do Brasil , colunadarenata@jb.com.br

Muita gente acha que é preciso investir alto para produzir uma campanha publicitária de boa qualidade. A agência 11:21, que tem o criativo Gustavo Bastos como CEO, prova diariamente que é possível fazer mais por menos. Conhecido no mercado como o rei da “simplicidade criativa”, ele explica à coluna que é preciso muito treino para se ter ideias originais, bem-humoradas, que funcione para os clientes e, acima de tudo, que custem pouco.

Macaque in the trees
Gustavo Bastos (Foto: Divulgação)

Algumas pessoas acreditam que as ideias simples são mais fáceis de fazer do que as elaboradas. Você concorda?

Simples é o oposto do fácil. Em qualquer coisa. Para se chegar na ideia simples é como um diamante. Você pega a pedra bruta e vai lapidando até chegar no brilhante. É uma ciência, requer muita disciplina. Por trás de uma ideia simples, sempre há um trabalho árduo.

Algumas campanhas criadas pela 11:21 tiveram tanta repercussão que se tornaram matérias jornalísticas. Uma delas foi o caso do juiz federal Flávio Roberto de Souza, flagrado dirigindo o Porsche Cayenne do empresário Eike Batista. Vocês criaram um anúncio de oportunidade para a rede de concessionárias AGO, do Rio de Janeiro. Como foi isso?

Nossa presença na imprensa é natural, as campanhas que mais tiveram repercussão não tinham nenhuma assessoria de imprensa. Foi totalmente orgânico. Na véspera, eu soube do lagra e imaginei que os jornais fariam reportagens a respeito. Aí criamos o anúncio e compramos página determinada. Tinha que ser na mesma página que sairia a matéria.

Macaque in the trees
. (Foto: Reprodução)

Anúncio de oportunidade e simplicidade criativa andam sempre juntos?

A oportunidade é um subproduto da simplicidade criativa. Essa percepção gera muita repercussão, cria uma empatia automática nas pessoas e o humor está quase sempre presente. É a forma mais leve de desarmar alguém. E também chama mais atenção.

Como fazer uma campanha publicitária com orçamento baixo?

Nossa agência é muito personalizada, não é burocrática. Nossos clientes parecem maiores do que são, e com a mesma verba. Fazemos tudo com simplicidade criativa e nossos anúncios repercutem. Algumas vezes tem a mesma lógica de um meme. A verdade é que muitas vezes a barreira não está no preço da mídia, mas no custo de produção. Com as novas tecnologias, é possível, sim, fazer boa propaganda a custo baixo.

CULTURA INGLESA TEM NOVA CAMPANHA

Macaque in the trees
Cultura Inglesa (Foto: Reprodução)
Assinada pela agência Quintal, com peças para TV, internet, OOH e rádio, a campanha propõe o conceito “Viva o inglês além da língua”. “Exploramos os diferenciais da Cultura Inglesa de um jeito único e inovador, seja no discurso que a marca adota nos textos, seja na direção de arte que rompe completamente com a estética tradicional do mercado”, explica Rodrigo Fontes, diretor de Marketing da Cultura.

PUBLISHNEWS: EXPECTATIVA DE CRESCIMENTO DE 20%

Uma das principais plataformas de produção de conteúdo sobre a indústria brasileira do livro, o PublishNews, anuncia o ingresso de dois novos sócios: Lu Magalhães, presidente da Primavera Editorial, e Bruno Mendes, fundador do Coisa de Livreiro. Eles farão a gestão do negócio ao lado de Carlo Carrenho, criador da plataforma. Com a sociedade, esperam crescer 20% neste ano.