Veterinário alerta sobre os cuidados com a alimentação do seu pet

Obesidade pode causar problemas ósseos, cardíacos e nas articulações dos nossos bichinhos

Comida x cachorro. Uma relação complicada... Aqui em casa, a minha Brigitte, quando acaba de comer, tenta devorar a comida da irmã Amora, tenho que segurá-la, parece um saco sem fundo. Quando vou comer, todos me olham com cara de coitados, esfomeados, mas eu sou malandra, não sinto pena e evito dar besteiras para eles. Temos que ter cuidado, porque dar muitos petiscos e "comidinhas extras" pode levar o bichinho a obesidade; e em um curto período de tempo os problemas de saúde já podem ser percebidos. Os mais comuns são os problemas ósseos e cardíacos, sendo que uma das regiões mais afetadas é a coluna vertebral, que fica sobrecarregada com o excesso de peso.

Macaque in the trees
Consulte um veterinário para saber a quantidade certa de ração e petiscos que você pode dar ao seu pet (Foto: Pixabay)

Problemas nas articulações também são comuns e, se a obesidade ocorrer em filhotes, principalmente nos de raças grandes, pode causar displasia coxofemoral e hérnias. Além disso, os cães obesos têm mais dificuldade para andar, tornam-se mais sonolentos, perdem o fôlego facilmente e podem desenvolver diabetes. A cachorrinha da minha amiga, que ficava de vez em quando na casa da mãe dela e comia muitos biscoitos recheados, ficou diabética e faleceu. Os pets não podem comer a nossa comida assim, sempre pergunte ao veterinário sobre quais as frutas e verduras eles podem comer. E claro, não esqueça de perguntar também sobre a quantidade que pode ser ofertada.

Macaque in the trees
Controle a quantidade de petisco que você oferece para o seu pet (Foto: Pixabay)

Dessa forma, um produto light é fundamental para prevenir a obesidade: “O alimento tradicional, em casos de animais com sobrepeso ou fortes tendências à obesidade, poderá ser substituído por uma ração light, que contém mais fibras, menos gorduras e substâncias funcionais, como a L-carnitina por exemplo”, recomenda o médico veterinário da Equilíbrio Super Premium, Marcello Machado.

A castração é uma obrigação do tutor, para evitar doenças e mais filhotes nesse mundo de tantos pets abandonados. Mas alguns pets após a castração podem ganhar peso, o ideal é consultar um veterinário para saber qual a melhor ração para evitar a obesidade. Existem diversas opções de ração para animais castrados. É importante, no entanto, entender que a alimentação correta começa desde cedo: “O filhote come muito mais do que precisa, assim acaba produzindo mais células adiposas e isso é um facilitador da obesidade na fase adulta”, finaliza Marcello.

Outra dica é passear com seu cão, para que ele gaste muita energia! Além de proporcionar qualidade de vida pro seu dog, você também se exercita! Existem muitas dicas de alimentação natural para pets, como no site Cachorro Verde, mas sempre consulte um veterinário e se puder faça exames para poder escolher o melhor tipo de alimento para seu filhote de quatro patas. Lambeijos para todos e até a semana que vem!

O QUE ROLA POR AÍ

Campanha de adoção "Me Beija e me Adota" acontece neste sábado em Bangu

Macaque in the trees
(Foto: Reprodução do Facebook)

Neste sábado (25) vai rolar a primeira edição do ano da Campanha de Adoção "Me Beija e me Adota" no calçadão de Bangu, na Zona Oeste do Rio. O evento acontece das 09h às 16h com pets resgatados pela Subem (Subsecretaria de Bem Estar Animal). São animais que vivem no abrigo público do Rio, vítimas de abandono e maus-tratos e que estão loucos por uma família amorosa e responsável.

Os animais estão microchipados, vacinados e os filhotes com mais de quatro meses já estão castrados. No caso dos filhotes com menos de quatro meses, o adotante pode agendar a castração gratuita pela Subem. Para adotar basta ter 18 anos, levar comprovante de residência, RG, CPF e ter muito amor no coração!

-----------------

Cães ajudam crianças e adolescentes na volta às aulas

O período de volta às aulas começa a se aproximar e com ele um momento de apreensão para as famílias. Por parte das crianças que não querem que as férias terminem e, por parte dos pais, que se preocupam se os filhos estão preparados para as mudanças que vão surgir pela frente.

Uma solução que muitas famílias encontram para auxiliar no processo de adaptação escolar é a presença de animais de estimação em casa, em especial os cães. De acordo com pesquisas do Centro de Nutrição e Bem-Estar Animal WALTHAM®, parte da Mars Petcare, eles nos oferecem uma sensação de apoio social e tendem a nos motivar e transmitir a sensação de calma.

Além do fator de diminuição de estresse, os estudos demostraram que a presença de cães em sala de aula pode ser positiva visto que alunos da pré-escola apresentaram uma melhora em suas habilidades motoras, de comunicação e até de leitura, pois ao que parece, os pets geram uma motivação para o aprendizado e para a execução bem-sucedida de tarefas.

Outro ponto é que os cães contribuem na redução de comportamentos extremos apresentados nesse período, como a agressividade e o isolamento. Sabendo disso, a Mars firmou parceria com duas escolas nos EUA. Os resultados foram incríveis e destacam o poder dos animais de estimação para reduzir o estresse, aliviar sentimentos de ansiedade social e ajudar as crianças a se conectarem com os novos colegas estudantes. Confira o vídeo:

-----------------

Petz promove encontro Bulldogs na Barra da Tijuca neste domingo

Macaque in the trees
(Foto: Foto: Pixabay)

Neste domingo (26), das 12h às 18h, os tutores de Bulldogs estão convidados a passar a tarde na Petz Ayrton Senna, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, para conhecer outros pets e interagir com eles!

A partir das 13h, veterinários e especialistas também estarão na unidade para um bate-papo sobre as características da raça, origens, comportamento, manias e os cuidados necessários para os pets viverem mais e melhor! Lembrando que é uma raça que tem o focinho curto e precisa de cuidados especiais!

Serviço: Encontro de Bulldogs / Local: Petz Ayrton Senna / Endereço: Av. Ayrton Senna, 3437, Barra da Tijuca, RJ / Data: 26/01 (domingo) /Horário: 12h às 18h / Entrada: Gratuita.

-----------------

Quem disse, berenice? aposta em carnaval consciente com eco glitter

Macaque in the trees
(Foto: Foto: Divulgação)

O ano virou e o brasileiro já sabe: é Carnaval! Aqui no RJ a folia já começou! Em cima do trio, no bloco, dentro ou fora da corda e até nos salões de festa, não faltam oportunidades de caprichar na make. E se o queridinho indispensável é o glitter, uma novidade das boas: a Quem disse, Berenice? é a primeira marca nacional a trazer a opção ecológica para o grande público. Porque nada mais divertido do que se embelezar e cuidar do meio-ambiente, né?

O glitter da empresa é eco pois não contém plástico em sua composição. Ele é feito em mica, uma substância mineral que não confere risco ambiental aquático ao ser comparado com demais glitters produzidos em plástico.



Controle a quantidade de petisco que você oferece para o seu pet
Consulte um veterinário para saber a quantidade certa de ração e petiscos que você pode dar ao seu pet