Jornal do Brasil

Informe JB

Informe JB

Jan Theophilo

O inimigo do PSOL

Jornal do Brasil

Márcio Gualberto, inspetor da Polícia Civil há 16 anos, católico, casado com Renata e pai de cinco filhos é o nome escolhido pelo do PSL do clã Bolsonaro para destronar o PSOL da comissão de Direitos Humanos da Assembléia do Rio. A disputa é mais do que simbólica. O trabalho do PSOL à frente desta comissão deu visibilidade nacional ao partido e, principalmente, à gravíssima questão da atuação das milícias no estado do Rio. Márcio segue a cartilha bolsonariana. Em sua pagina pessoal publica posts dizendo-se contra o aborto em qualquer circunstância e pensatas do tipo “graças ao esquerdismo, nas suas mais diferentes ramificações, o Brasil encontra-se falido. E que por causa de partidos políticos como o PT, PSOL, PDT, PCdoB, PSB e outros, chegamos a níveis insuportáveis de corrupção, degradação social e violência”. Fora isso, de Márcio Gualberto pouco se sabe. É mais um dos fenômenos fora da curva da última eleição, que havia chamado atenção até agora apenas por um feito singular. Foi dele a melhor relação entre número de votos e gastos de campanha. Cada um dos 23 mil votos que o levaram à Câmara custou apenas R$ 0,14.

Aliás e a propósito
Além do nome de Márcio Gualberto, a chapa de Márcio Pacheco à sucessão na Presidência da Alerj já conta com Rodrigo Amorim como nome para a Comissão de Orçamento. Alexandre Knoploch deverá ficar mesmo com a liderança do governo. “Se o Senador Flávio Bolsonaro autorizar, eu serei líder do governo desde que eu tenha força para sentar sempre com o governador”, diz ele.

Fazendo a egípcia
Cotado para um cargo na área de Cultura do governo W2, Fernando Bicudo passou os últimos dias no Batalhão Especial de Fronteira de Maturacá, no Parque Nacional do Pico da Neblina, tropa formada apenas por índios Yanomami. Sobre uma eventual participação no governo, foi taxativo: “Cheguei anteontem de noite e não sei de nada...palavra!!!”

TAP condenada
Desembargadores da 4ª Câmara Cível do TJ mantiveram condenação da TAP, que terá que pagar indenização, a título de danos morais, a Maria Luiza Hama. Após participar de intercâmbio na Espanha, Luiza tinha voo marcado de volta para o Brasil. Por conta do excesso de peso, a TAP restringiu o número de passageiros no voo e Luisa só pôde embarcar de volta quatro dias depois. Com isso, ela não conseguiu chegar a tempo para acompanhar o velório da avó materna, que teve o enterro adiado, justamente para dar tempo da neta chegar.

Legado em números
Entre março e o fechamento desta edição 176 mil pessoas participaram de 218 eventos na Arena 3 do Parque Olímpico _ a única administrada pelo Poder Municipal. Além disso, graças a um convênio com o Sesi, 181 ml crianças estão tendo aulas ali de inglês, espanhol e informática, entre outras atividades.

Coisas nossas
Uma série de seis programas contando a história das oito constituições brasileiras, produzida pela TV Alerj, será utilizada nas aulas de história da rede estadual ano que vem. A série também será utilizada para rodas de conversa com estudantes, realizadas no Palácio Tiradentes. A primeira será hoje às 13h, sobre o tema “educação e diversidade”. A entrada é franca.

Lance Livre

Jorge Sá EARP lançará o livro A Praça do Mercado, hoje, na Travessa de Ipanema. O PEN Clube promoverá a mesa-redonda “Os índios e o Brasil”, hoje, na Sede Social do PEN Clube do Brasil, no Flamengo. Claudio Castro, diretor da Sergio Castro Imóveis, é o novo sócio do Portal online Diário do Rio de Janeiro.