Dilma & Witzel

Gente que tem intimidade até com os ácaros do Palácio Tiradentes tem visto semelhanças entre início do governo Dilma Roussef em 2014 e o do governador eleito W2 a partir do ano que vem. Ambos se elegeram com bancadas expressivas, mas não maioria absoluta. No primeiro caso, a maneira imperial como Dilma enxergava a Câmara deu em Eduardo Cunha e depois, deu no que deu. No segundo caso, periga W2 e sua penca de deputados novatos do PSL conseguir a proeza de eleger a maior bancada da Assembléia e ficar de fora das principais mesas e comissões por puro isolacionismo. Com a autoimplosão da candidatura de André Corrêa, o grupo de W2 reduziu-se hoje a 18 votos. Estes deputados insistem numa chapa pura presidida por Rodrigo Amorim _ aquele que arrancou a placa de Marielle _ e em uma campanha onde o eixo principal parece ser tirar do PSOL a Comissão de Direitos Humanos e o PT da Presidência. É muita marcação de posição ideológica quando o estado do Rio mais precisa de serenidade e diálogo para aprovar as medidas que o novo governo precisará implementar visando a espantar a crise. Do jeito que a coisa vai, parece que a reeleição para a presidência da Assembléia vai mesmo cair por gravidade no colo de André Ceciliano.

--

Dúvidas

Perguntar não ofende. Então o que faziam anteontem os prefeitos Waguinho, de Belford Roxo; Rogério Lisboa, de Nova Iguaçu e Washington Reis, de Caxias, reunidos numa mesa bem no cantinho da Casa do Alemão, entre croquetes e pães com linguiça, com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia? Não é por nada não. É só pra gente ficar sabendo.

Em causa própria

Hoje será um dia curioso na Assembléia. Na pauta de votações, vários projetos de deputados que estão na cadeia. Entre eles, iniciativa do deputado Marcus Vinicius, o Nescau, que propõe a realização da “Semana Estadual de Prevenção ao Suicídio”. Maledicentes o acusam de legislar em causa própria.

Será?

Seja lá qual for a pasta que caberá a Pedro Fernandes no governo W2, já tem gente salivando enquanto espera suas primeiras nomeações no D.O. É que rompido com o Bispo Crivella, espera-se que o clã Fernandes transforme a secretaria em uma base operacional da turma de Irajá e adjacências. Logo Pedro, que defendeu aos quatro ventos o fim do loteamento político.

Ciclo selvagem

O etnobotânico Pedro Luz fará palestra hoje no Ciclo Selvagem, organizado pelo líder indígena Aílton Krenak, no Jardim Botânico. Autor da Carta Psiconáutica, sobre 44 espécies psicoativas brasileiras, Pedro debaterá em “Plantas Mestras” conhecimentos obtidos com os pajés das tribos nativas.

A vez delas

O posto de melhor motorista da Uber do Brasil não é mais do mineiro Erick Leandro, primeiro da América Latina a receber 5 estrelas no aplicativo. A vez agora é de uma mulher. Após 500 avaliações 5 estrelas em sequência, a paranaense Glaucia Stocki se tornou primeiro lugar no Brasil, com premiação de R$ 5 mil e um troféu da empresa.

Batendo bolo

Virou um baita point de pegação o banheiro masculino do Metrô da Nossa Senhora da Paz, na saída pela Maria Quitéria. Os seguranças negam que só os gays entrem ali, entram heteros também. Se saem heteros, já é outro papo.

---

LANCE LIVRE

O Conselho Nacional de Educação promoverá dia 21 de novembro, audiência pública para debater as Diretrizes Curriculares Nacionais da Engenharia, no Clube de Engenharia. O Instituto Cultural Chiquinha Gonzaga e a SBAT apresentam hoje o V Ciclo de Leituras dramatizadas do ICCG.