Publicidade

O que vestir em 2021

As quatro grandes semanas de coleções acabaram – Nova York, Londres, Milão e Paris mostraram suas ideias para o verão de 2021

...
Credit......

As quatro grandes semanas de coleções acabaram – Nova York, Londres, Milão e Paris mostraram suas ideias para o verão de 2021. Isto é, para o consumo de março (quando as novidades vão para as vitrines) até setembro (quando entram em liquidação) no hemisfério norte. Em plena pandemia, com ondas indo e voltando, são tentativas de manter a economia do setor de vestuário e acessórios circulando. Ou pelo menos melhorando, já que a queda nas vendas foi brutal : marcas de sucesso, como a Levi´s, por exemplo, tiveram redução de 62% entre abril e junho, o trimestre mais fraco em duas décadas.
O caso do jeans

Falando em Levi´s, que anda atenta a todas as estratégias de marketing, se aliando a novos parceiros, é preciso pensar no impacto sobre o jeans. Segundo o site Medium Daily Digest, pediram falência marcas fortes como a G-Star Raw, a Lucky Brand e a True Religion. O argumento de Carley Fortune, autora de um dos artigos, “jeans não são confortáveis, principalmente os que não são stretch. Pelos processos de produção, podem ser arqui-inimigos do ambiente. Daí, a preferência pelos modelos vintage, mais soltos, no estilo dos anos 1970, como fez Tom Ford. A Levi´s está trabalhando com um tecido mais sustentável, um algodão de cânhamo, em modelos mais largos, como o Stay Loose para homens e o High Loose para mulheres. Mas as melhores escolhas para se sentir em casa com suas roupas são os vestidos soltos e os looks de legging e moleton ou camiseta”.

Fora do sofá
Segundo o WWD, publicação impressa e também online, as calças de moleton não vão durar para sempre. As pessoas vão querer roupas diferentes das que usam atualmente para ficar no sofá ou no home office. Mas em 2021 ainda haverá menos necessidade de peças formais do que foi visto nas passarelas.
Nas coleções brasileiras há dois bons exemplos do que usar: conjuntos de jérsei, calça, blusa e veste, do Heckel Verri e looks leves da Cris Barros, inspirados no México. Dois estilos com a versatilidade adequada ao ficar em casa e à necessidade de estar bem vestida para as reuniões no zoom. Aliás, este foi um dos argumentos da coleção Dior, o visual do zoom. Na também brasileira Colcci, a sugestão é a linha Eco Soul, feita com corantes e amaciantes naturais, mais fibras vindas de plantações de algodão sustentável além de economia de água.

Caindo na real
Alguns desfiles ousaram plateias presenciais, com os convidados de máscara. Estes puderam ver de perto as máscaras que fizeram a vez de acessórios nos desfiles de nomes como Balenciaga, Rick Owens e Xuly Bet. E a melhor declaração é da inglesa Stella McCartney, eterna defensora do meio ambiente, filha do beatle Paul McCartney, iniciado no veganismo pela mulher, Linda. “Já nem sei mais o que significa a palavra sustentável“, disse durante a semana de Paris, onde nem apresentou desfile. Em compensação, criou o Manifesto de A a Z, postando no Instagram modelos e comentários sobre cada letra do alfabeto. Como o “O” para orgânico ou o “V” para vegano.

Na Chanel, além de modelos icônicos, como os tailleurs de tweed, os acessórios ficaram mais práticos, os saltos mais baixos e as pochetes com compartimentos para itens pequenos, como o vidrinho de álcool gel. A campanha de vídeos mostra as modelos no celular, trabalhando em casa, vestidas com os tailleurs no quarto. Deve haver quem tenha pique e finanças para ser chique assim.

Macaque in the trees
Máscaras como acessórios no desfile de Rick Owens (Foto: Foto: divulgação)

Macaque in the trees
Momento do vídeo de Inez e Vinoodh para a grife Chanel (Foto: Foto: divulgação)

Macaque in the trees
Inspiração mexicana no vestido solto e longo da Cris (Foto: Foto: divulgação)

Macaque in the trees
Mais casual, impossível: calça de pregas e camiseta com a inscrição "Vote", na coleção Louis Vuitton vista no recém-reformado magazine La Samaritaine (Foto: Foto: divulgação)

Macaque in the trees
Conjunto de três peças versáteis, em jérsei, pelo brasileiro Heckel Verri (Foto: Foto: divulgação)

Macaque in the trees
Look da linha Eco Soul, da Colcci (Foto: Foto: divulgação)

Macaque in the trees
Stella McCartney trocou a passarela pelo Instagram, com o Manifesto de A a Z (Foto: Foto: divulgação)

Macaque in the trees
Desfile Chanel contou com plateia presencial no Grand Palais, em Paris (Foto: Foto: divulgação)



Máscaras como acessórios no desfile de Rick Owens
Momento do vídeo de Inez e Vinoodh para a grife Chanel
Inspiração mexicana no vestido solto e longo da Cris
Mais casual, impossível: calça de pregas e camiseta com a inscrição "Vote", na coleção Louis Vuitton vista no recém-reformado magazine La Samaritaine
Conjunto de três peças versáteis, em jérsei, pelo brasileiro Heckel Verri
Look da linha Eco Soul, da Colcci
Stella McCartney trocou a passarela pelo Instagram, com o Manifesto de A a Z
Desfile Chanel contou com plateia presencial no Grand Palais, em Paris
...