ÍNDIOS NÃO QUEREM APITO, QUEREM RESPEITO

Reprodução
Credit...Reprodução

O índio (e vejam que lindinho o aqui da foto) é o grande personagem desta semana, com o Dia Nacional da Luta dos Povos Indígenas, quinta-feira, 7. A data foi sancionada em 2008 pelo governo Lula, em homenagem ao líder guarani Sepé Tiaraju, que lutou contra a dominação espanhola e portuguesa, no Rio Grande do Sul, entre 1753 e 1756. Nada mais oportuno comemorar esse dia, sobretudo depois da matéria da última edição da Época, que, para quem não leu, sugere que a ministra Damares Alves teria retirado uma indiazinha de seis anos, Lulu Kamayurá, de sua família e de sua tribo, a pretexto de levá-la ao dentista, pra nunca mais devolver... Uma adoção "informal", jamais legalizada, que não cai bem na biografia de uma ministra "da Família". Com a causa indígena no centro das discussões políticas, o PSB moveu quinta-feira passada uma ação direta de inconstitucionalidade contra dispositivos do Governo Bolsonaro, a Medida Provisória 870/2019 e o Decreto 9.667/2019, que transferiram a competência para a demarcação de terras indígenas da Funai para o Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos, da ministra... Damares (ops!). Caberá às togas do STF decidirem.

Macaque in the trees
O POVO INDÍGENA BRASILEIRO NO PALCO DAS DISCUSSÕES, NO BRASIL E NO MUNDO (Foto: Reprodução)

TABA NERVOSA

Enquanto isso, começou no dia 31 uma onda internacional de manifestações, com o slogan "Sangue indígena, Nenhuma Gota a Mais!" e protestos em todo o Brasil em Berlim, Madri, Milão, Lisboa, Londres, Los Angeles, Paris, São Francisco, Washington, Zurique. Todos reivindicando a proteção dos direitos indígenas previstos na Constituição do Brasil; a demarcação das Terras Indígenas; garantia dos direitos humanos e combate à violência contra indígena; reconhecimento dos povos originários e de sua cultura ancestral; pelo respeito aos tratados internacionais, em especial o Acordo de Paris, e o direito de consulta e consentimento; e protestando contra a transferência da Funai para o Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos; contra a transferência da demarcação de terras indígenas para o Ministério da Agricultura; contra a flexibilização e transferência do licenciamento ambiental para o MAPA; e contra o desmonte da Sesai e a municipalização da saúde indígena. Uma completa "pajelança" para afastar os maus espíritos, que agora assombram os índios brasileiros.

UH, UH, BERENICE!

Uau, a "ideologia de gênero" chegou aos cosméticos! Chama-se "Quem disse, Berenice?", a campanha da Boticário com duas mulheres dando um beijão daqueles. Não é nada, não é nada, mas significa muito em um país onde a orientação sexual ainda é motivo de violências e até mortes. A parte mais interessante da peça é que uma das mulheres, Lary, trabalha, de fato, no marketing da empresa. Ela, que é do time de comunicação da casa, convidou sua namorada, Mari, para a cena do beijaço. Tudo em família.

ELLA ELZA

Se você perdeu o musical "Elza", espetáculo que ganhou o prêmio da APCT e foi consagrado no Prêmio Cesgranrio de Teatro, você tem mais uma chance. A peça reestreou semana passada no Imperator, onde fica em cartaz até dia 24, homenageando nossa Ella Fitzgerald do samba.

TIMAÇO

O governador Wilson Witzel teve super-reunião no Ministério Público para a apresentação de algumas das soluções desenvolvidas pelo MP na investigação e na ciência de dados. Participaram, o procurador-geral de Justiça, Eduardo Gussem, o promotor de Justiça Pedro Mourão; o secretário Estadual da Casa Civil, José Luís Cardoso Zamithe; o subprocurador-geral de Justiça de Relações Institucionais e Defesa de Prerrogativas, Marfan Martins Vieira; e o subprocurador-geral de Justiça de Administração, Eduardo Lima Neto. Que time!

MILTON CUNHA, A LADY GAGA DO SAMBA

No rastro da moda lançada por Lady Gaga de combinar cabelo com a roupa, o mais purpurinado comentarista do carnaval brasileiro, Milton Cunha, coloriu o topete na mesma cor de abóbora de seu blazer, e anuncia para o dia 22, na Quadra da Vila Isabel, o seu 5º Baile Glam Gay. Na lista confirmada de convidados está a gloriosa, a absoluta Elza Soares, que será coroada Rainha do Baile. O rei será o pintoso e descolado Dudu Bertholini. Nessa monarquia do samba, Thammy Miranda vai ser Príncipe Consorte. É carnaval, oba! Como em todos os anos, em certo momento do baile haverá um concurso LGBT de fantasias de luxo, sem falar na disputa do título "Boneca Barracão 2019" por um time trans. Para decidir vencedoras e vencedores, Milton conta com o bom senso da jurada Narcisa Tamborindeguy - ai que loucura! - e do promoter Vinicius Belo.

Macaque in the trees
COM O TOPETE COMBINANDO COM O PALETÓ, MILTON CUNHA AGITA BAILE (Foto: Divulgação)

BUROCRATAS UNIDOS JAMAIS SERÃO VENCIDOS

Mudança de guarda no turismo do Brasil. Babington dos Santos, o Bob Santos, que ocupava a Secretaria Nacional de Qualificação e Promoção do Turismo, com as mudanças do novo governo foi nomeado Secretário Nacional de Integração Interinstitucional, pasta recém-criada do Ministério do Turismo. Aluizer Malab Barbosa do Nascimento assume o cargo de Secretário Nacional de Desenvolvimento e Competitividade do Turismo. Tárcio Handel da Silva Pessoa Rodrigues vai ser o Secretário Adjunto da Secretaria-Executiva. Enquanto João Batista Ferreira de Castro assume cargo de Assessor Especial do Ministro do Turismo e Acir Pimenta Madeira Filho será chefe da Assessoria Especial de Relações Internacionais da Pasta.

CARNAVAL, SÃO CLEMENTE E FANTASIAS

O presidente da Escola de Samba São Clemente, Renato Almeida Gomes, e o carnavalesco Jorge Silveira fizeram evento para apresentar as fantasias das alas da própria comunidade. E vejam aqui um dos trajes, com um relógio digital no centro do peito, ilustrando a importância do tempo do desfile das escolas. O detalhe merece grande atenção, já que não é incomum escolas perderem pontos, e até campeonato, por descuidarem desse item. A ala ironiza, no seu nome, a correria dos sambistas pra cumprir o cronômetro da Sapucaí: "Cooper-samba". A outra ala de comunidade é a "Quem avisa amigo é". A São Clemente será a primeira a desfilar na segunda-feira de Carnaval, com o enredo "E o samba sambou", referente aos seus grandes carnavais, como o de 1990, quando fez uma forte crítica à mercantilização do Carnaval carioca e conquistou sua melhor colocação na história do Grupo Especial.

Macaque in the trees
A SÃO CLEMENTE VAI PARA A AVENIDA CANTAR ANTIGOS CARNAVAIS DA ESCOLA (Foto: Rafael Arantes)

FEIJÃO TEMPERADO COM SAMBA

Por falar na São Clemente, vejam só: ela vai animar a superfeijoada do Hotel Sofitel Ipanema, no sábado, dia 9. Será a Feijoada dos Embaixadores do Rio, promovida pela Associação dos Embaixadores de Turismo do Rio de Janeiro, presidida por Claudio Castro. É a segunda vez que acontece esse feijão embaixatorial, agora tendo como padrinhos a jornalista Luciana Barreto e Cícero Gomes, primeiro bailarino do Theatro Municipal. O feijão começa às 13h e vai até às 17. Os participantes terão direito a uma t-shirt com um quadro carnavalesco de Philippe Seigle, o artista diretor do segmento luxo da cadeia Accor no Rio de Janeiro. O ingresso inclui o kit-samba completo: bebidas, além da comida, do samba, da camiseta - e não digo o preço pra não parecer propaganda. Os interessados devem adquirir com antecedência seus tickets pelo e-mail [email protected] . Divirtam-se!

                                                                                                                                 ***

POUCO SE FALOU NELE, mas, com a ida de David Miranda para a Câmara em Brasília, quem assume hoje seu mandato na Câmara de Vereadores é Marcos Paulo Costa da Silva, médico, casado, defensor do SUS e militante pelos Direitos Humanos.

Com João Francisco Werneck



O povo indígena brasileiro no palco das discussões, no Brasil e no mundo Com o topete combinando com o paletó, Milton Cunha agita baile A São Clemente vai para a avenida cantar antigos carnavais da escola
O povo indígena brasileiro no palco das discussões, no Brasil e no mundo Com o topete combinando com o paletó, Milton Cunha agita baile A São Clemente vai para a avenida cantar antigos carnavais da escola
O POVO INDÍGENA BRASILEIRO NO PALCO DAS DISCUSSÕES, NO BRASIL E NO MUNDO
COM O TOPETE COMBINANDO COM O PALETÓ, MILTON CUNHA AGITA BAILE
A SÃO CLEMENTE VAI PARA A AVENIDA CANTAR ANTIGOS CARNAVAIS DA ESCOLA