Comunidade acadêmica pede autonomia em congresso

ADEUS A WAGNER MONTES

O adeus a Wagner Montes foi com uma cerimônia de corpo presente com cerca de 30 minutos, com música ao vivo, projeções de imagens e mensagens positivas lidas pela cerimonialista Luciana Mey. O roteiro musical foi interpretado pelo violinista Hugo Antunes Carlos, escolhido pela mulher do apresentador da Record, Sonia Lima. Entre as canções, “Don’t Cry for Me Argentina” e “Unchained Melody - Ghost”, do filme. Houve efeitos especiais: uma chuva de pétalas de rosas vermelhas e, simultaneamente, nuvens de gelo seco, envolvendo a urna funerária, que chegou por uma janela com um céu artificial ao fundo.

Macaque in the trees
Velório de Wagner Montes teve efeitos especiais (Foto: Divulgação)

AUTONOMIA SEMPRE!

A comunidade acadêmica nacional está reunida no Congresso do Andes, o Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior. Eles se reúnem em Belém até 2 de fevereiro. Na abertura do evento, nesta segunda-feira, o destaque foi o discurso do reitor da Universidade Federal do Pará, o Prof. Emmanuel Tourinho, ex-presidente da Associação de Reitores das Universidades Federais. Tourinho fez um apelo em defesa da autonomia universitária e das liberdades democráticas. O momento para tal rogativa é fundamental, pois o novo reitor da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM) pode ser o segundo colocado da lista tríplice da instituição. Por lá, o vencedor do pleito foi o professor Fábio Fonseca, mas a indicação do professor Luiz Fernando Rezende dos Santos Anjos constaria numa minuta de decreto.

INHOTIM FECHADO

Sede de um dos mais importantes acervos de arte contemporânea do Brasil e do mundo e maior museu a céu aberto do mundo, o Instituto Inhotim, em Brumadinho, permanecerá fechado até quinta-feira, reabrindo apenas na sexta-feira, 1º de fevereiro. Houve até o receio de que ele também fosse invadido pelos rejeitos da barragem da Mina do Feijão.

TRAGÉDIA EM BH

Entre as más notícias que chegam de Brumadinho, ao menos é alentador saber que o “Forte de Brumadinho”, dos mais importantes sítios arqueológicos do Estado, a apenas 12 km da barragem destruída na Mina Feijão, continua resistindo intacto. No século XVIII, ele fez parte das minerações do Ciclo do Ouro no Brasil. Ainda é perceptível notar a estrutura fortificada, assim como ossos e registros de escravos.

PROBLEMAS NO MIS

Com a troca de governo no Rio de Janeiro, o Museu da Imagem e do Som, no Centro, ficou sem direção por mais de 15 dias. Nesse período, a nova Secretaria de Cultura e Economia Criativa assumiu o gerenciamento do museu. Tão logo isso ocorreu, seus funcionários tiveram cortes de até 40% em seus salários. O problema é que isso aconteceu sem qualquer comunicação “oficial” por parte do governo. A equipe do MIS ficou sabendo graças a uma funcionária do departamento pessoal, que, preocupada com os colegas, compartilhou a informação.

MAIS PROBLEMAS NO MIS

Enquanto isso, o MIS, em Copacabana, segue abandonado, com pneus velhos, acúmulo de água e lixo e uma concentração imensa de moradores de rua no entorno. Vizinhos, assim como associações de moradores, estão sempre denunciando.

A FAMÍLIA

A família Marlene Rodrigues dos Santos faz todos os elogios aos médicos, João Gaspar Corrêa Meyer e o cirurgião Paulo Niemeyer, e à Clínica São Vicente. Nos nove meses em que passou deitada, ela jamais teve uma escara. Os cuidados eram até nos detalhes, inclusive com visitas semanais de um dentista. Enfermagem de uma dedicação absoluta. Bom saber que a São Vicente deu essa virada em sua gestão, e agora constrói um centro oncológico, de quatro andares, junto à clínica.

DESPEDIDAS DE UMA DAMA

A despedida de Marlene Rodrigues dos Santos ontem, no Memorial do Carmo, refletiu o que ela foi: impecável, chiquérrima, das mais elegantes do Brasil. Sobre a urna funerária, um xale branco franjado - e ninguém portava um xale como ela - um buquê de orquídeas brancas e um porta retrato de prata com sua foto-portrait by Marcelo Faustini. Foram nove meses em coma, sem qualquer possibilidade de reversão, na Clínica São Vicente, com o marido, Antônio Rodrigues dos Santos, indo passar as tardes no hospital, sem jamais faltar um dia em todo esse tempo. Ele, contudo, não ia ver Marlene em seu leito, pois queria lembrar-se dela como era, sempre elegante. As filhas se revezavam na leitura para ela, mesmo sem saber se Marlene as escutava. Foram nove meses de carinhos.

E O MORO?

Foi um frisson nas hostes paulistanas, quando Jair Bolsonaro deixou explícito seu desejo de não tentar se reeleger, anunciando o nome de João Doria como “futuro presidente da República”. Doria gostou. Quem não deve ter gostado é o Ministro da Justiça, Sergio Moro, visto como provável sucessor de Jair.

TEMPO DE AMAR

Tempos difíceis, mas o amor tudo supera. Vejam os novos pares que se formam: Cristiana Manhães e Fábio Frering, ele coerente com seu histórico de mulheres lindas; a museóloga Vera Tostes e o antiquário Newton Cunha, romance à luz da lua no terraço da cobertura dele, sorvendo o melhor Champagne gelado e o mais saboroso queijo brie; Olavinho Monteiro de Carvalho e Ana Luiza Capanema, combinação mais perfeita, impossível: elegância, refinamento, atitude.

Spanta Neném

A banda Timbalada produzida pelo mestre Carlinhos Brown agitou a Marina da Glória no Baile do Spanta Neném, com grande contribuição do DJ Marcelinho da Lua, em festa super decorada com bananas, abacaxis e expressões cariocas, como “Aquele abraço”, “Carioca da gema”, “Morro de alegria”. Foi o metro quadrado mais charmoso do fim de semana do Rio...

Macaque in the trees
1 - Thaissa Carvalho... 2 - Carol Sampaio... 3 - Cinara Leal... 4 -Thaissa Batista... 5 - Bel Kutner... 6 - Danton Melo e Sheila Ramos... 7 - Marcelo e Simone Bretas.. 8 - Ruan Lira e Katherine Benincá (Foto: Fred Pontes )

                                                                    ***

O competente cirurgião plástico Volney Pitombo, responsável pelos mais belos narizes de celebridades brasileiras, segue para mais um importante congresso. Será palestrante no 53rd The Baker Gordon Symposium, entre os dias sete e nove de fevereiro, em Miami, no EUA.

Com João Francisco Werneck