A economia e os recursos possíveis

Recursos para execução de projetos de infraestrutura é o que mais se busca e eles estão aí à disposição...

...
Credit......

LEIA MAIS TEXTOS DE 'CIDADES INTELIGENTES'

.

Recursos para execução de projetos de infraestrutura é o que mais se busca e eles estão aí à disposição. Diversas empresas, investidores e fundos buscam por soluções seguras e tangíveis. Agora com o retorno da
economia, este dinheiro está avido por trabalhar e tenho recebido estas demandas.

Este momento de esperança em uma nova gestão municipal é especial para criar formas de se fazer coisas diferentes. Estas novas formas têm relação com os projetos e com os recursos necessários. O que precisamos ouvir dos candidatos são propostas que levem nossas cidades a um outro nível e aderirmos a uma ou outra.

Vimos que a China tem encontrado uma forma bastante interessante de financiar projetos de inteligência em cidades, contando com o interesse privado. Ora, isso significa que empresas interessadas em algum tipo de procedimento ou informação poderão executar, com recursos próprios, os projetos que as interessam. Para tal é necessário a regulação deste modelo. Vamos exemplificar como poderia ser aqui no Brasil. O executivo (prefeito ou secretários de governo) recebe uma demanda de uma empresa ou de um grupo de empresas, a proposta é analisada e encaminhada ao tribunal de contas e à procuradoria. Em paralelo, as áreas influenciadas pelo projeto são consultadas tecnicamente. Os principais pontos devem ser: os
benefícios que o cidadão terá (direta ou indiretamente), se o projeto cria a necessidade de algum tipo de investimento (direto ou indireto), se está alinhado com o plano diretor do município, e qual o impacto econômico. A coisa não é simples, mas se encarada com responsabilidade e forte embasamento técnico, tem sucesso garantido.

A câmara municipal deve promover ações que impulsionem estes projetos. Consultas públicas antecipadamente identificando demandas da cidade são fundamentais. A criação de instrumentos legais que torne o ambiente favorável a este tipo de investimento preservando os interesses do cidadão.

Quais os projetos que devem ser os guias desta evolução? Aqueles que devolvam mais a municipalidade. Vou destacar os que envolvem o tema da economia circular. Deixemos aqui ao lado as motivações verdes deste tipo de projeto por acreditar que já somos conscientes da necessidade e dos benefícios. Vamos seguir para o lado econômico, aquele que é a real alavanca motriz dos investimentos. A racionalização do consumo de combustíveis fósseis pode ser aliada a necessidade de diminuição da circulação de caminhões nos centros urbanos, levando lixo para serem depositados em locais distantes. Com a instalação de usinas de biogás em pontos estratégicos nos centros urbanos, podemos gerar biogás e instalando motores, energia elétrica. Este Biogás depois de filtrado pode assumir as mesmas características do nosso gás natural, alimentando desde os caminhões do lixo até mesmo veículos, ou simplesmente ser injetado na rede de gás e vendido em condições similares a que a energia elétrica é comercializada no mercado livre.

Onde há recursos? Precisamos usar a nossa estrutura de associações comerciais e empresariais representadas pela CACB – Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil, para ordenar estas possibilidades de negócio em todos os municípios engajados no desenvolvimento e, com este banco de oportunidades, atrair os investimentos já disponíveis no mercado internacional.

Quer conhecer melhor a estrutura das associações comerciais do Brasil? Elas estão em quase todas as cidades brasileira, algumas cidades têm associações em cada região administrativa.

Gosta do tema? Quer se engajar neste movimento? Quer apresentar algum projeto inteligente para cidades? Envie um e-mail para [email protected]