Publicidade

Astronomia para crianças

Detalhe da capa do livro Introdução à astronomia (Foto: Divulgação) Sempre fui muito interessada em ci&e...

...
Credit......

Macaque in the trees
Detalhe da capa do livro Introdução à astronomia (Foto: Divulgação)
Sempre fui muito interessada em ciência e documentários, meu insight foi quando eu assisti o documentário Cosmos (feito pelo Astrônomo Carl Sagan) e daí eu percebi que a minha verdadeira paixão era o estudo do Espaço. Decidi então cursar Engenharia Aeroespacial e comecei a procurar conteúdos relacionados com essa área. Comecei a fazer uns cursos online independentemente pois não tinha contato com esse tipo de conteúdo na minha escola. Fiz alguns cursos pelo MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts), Caltech, um outro de Stanford sobre teoria da Relatividade, e atualmente sou tradutora voluntária para o Observatório Europeu do Sul (ESO), que pertence a ESA (Agência Espacial Europeia).

Eu me apaixonei tanto por esse campo de estudo que eu fiquei inconformada de ser tão pouco explorado no meu país. A astronomia normalmente não é apresentada nas escolas além de "Quais são os planetas do sistema solar", e há muito mais do que isso. Em vista disso eu resolvi tomar uma atitude para tentar mudar essa situação. Resolvi então fazer um livrinho de nível introdutório sobre Astronomia. A faixa etária é por volta dos 6-8 anos.

Escrever foi a parte fácil pois é um ramo tão extenso e tão interessante que dá pra escrever 10 páginas em poucos minutos e sem esforço. Depois de escrever tudo eu me dei conta que como se tratava de um livro para crianças eu precisaria de figuras para ilustrar as explicações. Daí as coisas começaram a complicar porque eu não tinha dinheiro pra contratar um grafista e não podia pegar fotos no Google para não infringir os direitos autorais de ninguém. Daí eu fui pra Play Store e pesquisei aplicativos de desenhos digitais. E lá fui eu fazer os desenhos com o dedo no meu celular de 5.9 polegadas. Mal sabia eu que os problemas só haviam começado. O maior problema (agora que o manuscrito estava pronto) era achar uma editora que quisesse publicar meu livro. Mandei e-mails e liguei pra lá de umas 20 editoras diferentes, das poucas que me responderam, responderam com um "Não". Seria eu a nova J.K Howling?

Bem, depois eu fui me inteirar e entendi que normalmente editoras comerciais só aceitam publicar obras de autores que já tenham um público formado, eles não publicam só porque acham a obra boa. Isso claro, em vista de assegurar que a publicação daquele livro vá gerar algum retorno pra empresa. Dessa maneira, outra possibilidade para mim, seria contratar uma editora de serviço, onde eu pagaria o serviço de impressão etc. Mas isso é muito caro e como eu já disse, eu estava chamando urubu de meu loiro. Finalmente, depois de algumas pesquisas achei essa editora "Clube dos Autores", é um jeito autônomo de publicar o livro porque você não passa por nenhum processo de avaliação nem nada. O bom dessa editora é que ela também distribui por outras lojas online. O problema é que ela só distribui nessas outras lojas se você tiver ISBN. Nesse momento eu já estava esgotada de tantos problemas, mas lá fui eu registrar meu livro na CBL (Câmara Brasileira do Livro). Agora meu filho já tem uma identidade e está à venda na Amazon, futuramente estará disponível nas lojas Americanas e também na Livraria Cultura, etc.

Foi uma experiência muito única começar um projeto assim do zero, eu estou muito feliz e apesar de todo o esforço faria tudo de novo 3 vezes. Espero que alguma criança que leia este livro se sinta tocada de alguma forma e se interesse pelo assunto, assim como aconteceu comigo há 4 anos.



Detalhe da capa do livro Introdução à astronomia
...