Cabeça cortada e congelada de lobo da Idade do Gelo é encontrada na Sibéria

Imagens incríveis revelam cabeça cortada de lobo da Idade do Gelo de 40.000 anos

O lobo ainda possuía seu cérebro intacto quando foi encontrado congelado na Sibéria, segundo o The Sun.

"Uma descoberta única dos primeiros restos mortais de um lobo do Pleistoceno adulto e com seus tecidos preservados", afirmou o cientista russo Dr. Albert Protopopov.

Cabeça cortada de lobo gigante de 40.000 anos é encontrada ainda rosnando na Sibéria.

Supõe-se que a cabeça do lobo seria o troféu de um antigo caçador. A descoberta ocorreu no rio Tirekhtyakh por um morador da região.

A surpreendente descoberta foi revelada em uma exposição em Tóquio, onde foram expostos restos de diversos animais congelados.

A cabeça do lobo mede aproximadamente 40 centímetros, cerca de metade do comprimento total do lobo que habita a região siberiana nos dias de hoje.