Jornal do Brasil

Ciência e Tecnologia

Asteroide eclipsará estrela mais brilhante do céu noturno na América Latina hoje à noite, 18

Jornal do Brasil

Na noite desta segunda-feira (18), a estrela dupla Sirius, que é o corpo celeste mais brilhante no céu noturno, poderá ser vista em algumas partes da Terra, enquanto um pequeno asteroide passará por ela, tampando seu brilho.

De acordo com pesquisadores, o fenômeno entre a estrela dupla e o asteroide se chama ocultação. O asteroide tampará a luz de Sirius por 1,8 segundo, deixando-a completamente apagada por 0,2 segundo, comunicaram os astrônomos Bill Merline, do Instituto de Pesquisas do Sudoeste (Texas, EUA), e David Dunham, da empresa KinetX Aerospace, em artigo, publicado no site dedicado ao fenômeno.

Macaque in the trees
Eclipse (Foto: AFP)

O eclipse poderá ser visto em partes do sul da Argentina e do Chile, na América Central e no Caribe no fim da noite desta segunda-feira (18).

No site se pode ver também uma série de mapas úteis que mostram o caminho da sombra. Segundo os astrônomos, uma pessoa na posição correta tem um intervalo de tempo muito pequeno para ver a ocultação completa — 1,8 segundo.

 

De acordo com pesquisadores, Sirius é tão brilhante que é difícil localizar seus movimentos exatos. Merline e Sunham recomendam para quem estiver interessado a acompanhar a passagem do asteroide pela estrela dupla filmar o evento 60 segundos antes e depois do tempo indicado, levando em conta possíveis erros de cálculo.