Cientistas encontram túmulos da época do Império Antigo no Egito

Um grupo de arqueólogos encontrou vários túmulos no sul do Egito pertencentes ao período do Império Antigo (entre os anos de 2.575 e 2.134 a.C.), informou no domingo (20) o Ministério das Antiguidades do país.

Deste período já foram encontradas importantes ruínas de construções como templos e palácios. Entre os monumentos especialmente significativos estão as três grandes pirâmides da cidade de Gizé, onde também está a grande e enigmática Esfinge. Não é por acaso que alguns arqueólogos caracterizam esta época como o período das construções faraônicas, uma prova da grande prosperidade alcançada nestes séculos.

Macaque in the trees
Egito (Foto: CC BY 2.0)

Segundo o ministério, a expedição arqueológica foi realizada nos arredores de Assuã por uma universidade britânica de Birmingham. Asuã está localizada no sul do Egito, a 950 quilômetros do Cairo. No total, a missão encontrou seis túmulos de vários tamanhos.

Segundo o chefe do Conselho Supremo de Antiguidades do Egito, Mostafa Waziri, "apesar de a entrada principal de um dos túmulos estar intacta, ele havia sido saqueado há muitos séculos. Os ladrões invadiram-no quebrando a parede traseira.

 

Achados arqueológicos são bastante comuns no Egito. O Ministério das Antiguidades informa regularmente sobre novas descobertas de diferentes períodos históricos.