Teoria da Relatividade Geral de Einstein testada com sucesso perto de buraco negro

Uma previsão da Teoria da Relatividade Geral de Einstein foi testada com sucesso perto do buraco negro supermaciço no centro da nossa galáxia - anunciou uma equipe internacional de astrônomos nesta quinta-feira (26).

Pela primeira vez, observações feitas com o VLT (Very Large Telescope) no Chile destacaram os efeitos da Relatividade Geral sobre uma estrela passando pelo campo gravitacional intenso deste buraco negro, indicou o Observatório Europeu Austral (ESO).

"Mais de 100 anos depois de seu artigo com as equações da Relatividade Geral, Einstein mostra que mais uma vez tinha razão, em um laboratório muito mais extremo do que ele poderia imaginar", observa o ESO.

À medida que a luz escapa de uma região com um forte campo gravitacional, suas ondas são esticadas, tornando a luz mais vermelha, em um processo conhecido como redshift gravitacional. Os cientistas usaram o VLT para demonstrar que a luz da estrela foi deslocada para o vermelho pela quantidade prevista pela relatividade geral.