Necrópole com 2 mil anos é descoberta no Egito

Uma necrópole contendo 40 sarcófagos foi encontrada perto da cidade de Minia, no Vale do Nilo ao sul do Cairo. Um antigo complexo de túmulos da Época Ptolemaica foi descoberto pelos arqueólogos no Egito.

Um dos túmulos do cemitério, que supostamente data do início do primeiro milênio a.C., ou seja, do chamado Período Tardio do Egito ou Reino Ptolemaico, contém a múmia de um sacerdote do deus egípcio Thot, bem como os restos dos membros de sua família, informou a mídia.

Até agora, oito túmulos já foram descobertos no sítio arqueológico e espera-se que mais sejam encontrados, disse o chefe do Conselho Supremo do Ministério de Antiguidades do Egito, Mostafa Waziri.

No local foram encontrados diferentes artefatos, incluindo jarros canópicos, estátuas e outros itens funerários.

"Precisaremos de, pelo menos, cinco anos para trabalhar na necrópole. Este é só o começo de uma nova descoberta", disse o ministro de Antiguidades egípcio, Khaled Al-Anani.

As escavações no local começaram no fim de 2017. Esta é a segunda grande descoberta arqueológica no Egito neste ano. No início de fevereiro foi anunciada a descoberta de um túmulo que provavelmente pertencia a uma Hetpet, uma mulher próxima da realeza egípcia antiga.

>> Sputnik