Britânico encontra suposto astrolábio mais antigo do mundo

Instrumento pertencia à frota do navegador Vasco da Gama

Um cientista marinho britânico encontrou na costa de Omã, na Península Arábica, um astrolábio náutico datado de 1495 a 1500 e que pode ser o instrumento de navegação mais antigo do mundo.

O artefato de 17,5 centímetros de diâmetro era usado por marinheiros para medir a altura do sol e a latitude durante viagens marítimas. Acredita-se que ele tenha sido usado no navio Esmeralda, do célebre navegador português Vasco da Gama.

De acordo com o cientista marinho David Mearns, responsável pela descoberta, a idade do astrolábio foi definida graças a dois brasões gravados no instrumento: um de Portugal e outro de Dom Manuel I, rei do país ibérico na época.

"Sabemos que ele foi feito antes de 1502, porque foi quando o navio [Esmeralda] deixou Lisboa, e sabemos que Dom Manuel não se tornou rei até 1495. O astrolábio nunca teria um emblema de um rei antes de ele ser coroado, então acreditamos que pode ser datado de 1495 a 1500, embora não conheçamos o ano exato", comentou Mearns.

O astrolábio foi encontrado pelo cientista marinho em 2014, junto com outras 3 mil peças. Todas elas foram analisadas na Universidade de Warwick, no Reino Unido, que catalogou 108 artefatos.