Âncora e vaso da Idade Romana são achados no mar da Sardenha

Mergulhadores acharam objetos a 30 metros de profundidade

 Uma âncora e um vaso, possivelmente provenientes de navios romanos, foram achados no fundo do mar entre a ilha de Santo Stefano e La Maddalena, no arquipélago de Sardenha. Tanto o pedaço de dois metros da âncora de chumbo como a ânfora, tipo de vaso antigo grego com duas alças de argila, estavam a 30 metros de profundidade no oceano. Os especialistas consideram que as relíquias podem ser da época do Império Romano e que afundaram durante um possível trajeto de transporte de mercadorias da Espanha. As peças foram recuperadas por mergulhadores da Polícia e da Superintendência de Bens Culturais da Itália durante uma exploração na área do sítio arqueológico submerso.

    O Núcleo Subaquático, em colaboração com funcionários do sítio arqueológico submerso, que estão liderando esta exploração, ainda estão estudando a rota e as possibilidades da história dos dois objetos. (ANSA)