Pilates conquista público masculino

Atividade é indicada para reduzir tensões, eliminar estresses e até aumentar a disposição sexual

Durante anos a prática do Pilates foi considerada um exercício voltado para o público feminino, porém com o passar do tempo cada vez mais homens foram aderindo à modalidade e vendo nela resultados extraordinários para o corpo.

O fisioterapeuta Rafael Lucena, do Instituto Vital Fit, em Copacabana, Rio de Janeiro, explica que o método é um grande aliado para reduzir tensões, eliminar estresses e aumentar a disposição sexual. Segundo ele, a modalidade vem conquistando cada vez mais a simpatia do público masculino devido ao apoio de médicos e especialistas, que ajudam a esclarecer que o método pode ser indicado para atividades que superam a cura de patologias. 

“O método inventado pelo alemão Joseph Hubertus Pilates, na década de 1920, hoje se faz presente em todo mundo e é uma das atividades mais completas para o corpo” afirma o fisioterapeuta que trabalha tanto com o pilates no solo (Mat) quanto nos equipamentos, que ajudam, ao mesmo tempo, no desenvolvimento da consciência do corpo, de força e resistência muscular. “Equilíbrio, postura, flexibilidade, estabilidade, tudo pode ser aprimorado com o pilates, uma das atividades mais completas para o corpo humano. O método ainda colabora para melhorar a respiração, a circulação, o fortalecimento do corpo e a resistência”.

Ainda de acordo com Lucena, que é Professor de Pilates certificado pela PMA, a pratica do pilates é muito importante por ser  um método  elaborado para se adaptar do sedentário ao atleta, do jovem ao idoso, utilizando-se de aparelhos com molas, que evitam o impacto articular. “Os benefícios são promover ganho de força muscular, concentração, e trabalhar a respiração. Pode ser praticado em qualquer idade, desde que a pessoa seja orientada por um bom profissional”, explica.

Sobre a grande procura pelos homens nos últimos anos, o fisioterapeuta lamenta que eles ainda sejam minoria dentro dos estúdios. “O que existia era muita falta de informação e preconceito. Nos últimos tempos, muitos homens procuraram o pilates por indicação médica, para melhorar dor na coluna, lesões de joelhos, e acabaram percebendo que a técnica não era somente alongamento". A mídia também ajudou a divulgar, quando mostrou que os atores Brad Pitt, Reynaldo Gianecchini e Carmo Dallla Vecchia também são praticantes. Ele ressalta que a classe masculina já está percebendo que a prática do pilates não é uma atividade leve. “Existe, sim, um preconceito, que é logo desfeito na aula experimental, na qual os homens percebem que o exercício feito com qualidade de movimento exige bastante da musculatura. A procura tem sido do jovem ao idoso, com o objetivo, na maioria das vezes, de alívio da dor. O pilates é uma atividade que proporciona benefícios físicos e estéticos. Para os sedentários, é recomendado três vezes por semana e, para quem pratica outra atividade, de uma a duas vezes é o suficiente".

O engenheiro Marcelo Mendes, 40, sempre foi adepto de exercícios e ia a academia 3 vezes na semana. Para complementar, há 8 meses, por insistência da namorada,  aderiu ao pilates e  está muito satisfeito com a escolha, a ponto de ter abandonado a academia. “No início eu não gostava, achava que era uma prática feminina, mas aos poucos notei que o método reduziu as dores no corpo, corrigiu a postura, melhorou minha mobilidade. Realmente o corpo responde aos exercícios” diz Mendes que pratica 3 vezes na semana.

O Pilates também é indicado para pessoas da terceira idade, inclusive homens, pois encurtamentos, fraqueza muscular, amplitudes reduzidas, padrões errados de movimento, lesões antigas, má postura, falta de consciência corporal e perda de equilíbrio, respiração encurtada, entre outros, são combatidos em cada sessão.