Australopithecus eram capazes de se adaptar, diz estudo

Arqueólogos se surpreenderam ao encontrar restos de indivíduos da espécie Australopithecus afarensis, "parentes" da famosa Lucy, ao leste do Vale Rift, o que poderia ser uma prova de que eles podem se adaptar a diversos tipos de ambientes. A hipótese foi levantada após três exemplares serem encontrados no Quênia por paleontólogos da Mount Kenya University com a Universidade de Kyoto.

"Até agora, todos os fósseis de Australopithecus afarensis só haviam sido encontrados no centro do Vale do Rift, na região mais central do continente. Esta é a primeira vez que são encontrados ao leste do vale", explica Masato Nakatsukasa, pesquisador japonês.

Os paleontólogos descobriram restos que correspondem ao de um macho adulto e de duas crianças perto do rio Kantis, região que possui características climáticas e territoriais bem diferentes das encontradas no centro do Vale do Rift. "Esta descoberta tem implicações importantes sobre a distribuição de nossos ancestrais, que pode ser muito maior do que o imaginado", acrescentou o especialista.