Vencedor do Nobel de Física irá leiloar sua medalha

Leon Lederman poderá receber mais de US$ 325 mil por item

O vencedor do prêmio Nobel de Física de 1988, Leon Lederman, decidiu leiloar a sua famosa medalha nos Estados Unidos. A peça tem como preço inicial US$ 325 mil (pouco mais de R$ 1 milhão) e será vendida pela Nate D. Sanders. "Ela foi parte da minha estante por, ao menos, 20 anos, e agora decidi vendê-la. Me pareceu a coisa mais lógica a fazer", disse Lederman, que tem 92 anos. A premiação foi dada ao norte-americano, ao lado de dois colegas, pela descoberta do muon neutrino, uma partícula subatômica 200 vezes menor que um elétron. O estudo dos três ajudou a abrir o campo da física quântica.

Lederman também é conhecido por batizar a partícula Bóson de Higgs de "a Partícula de Deus". Em seu livro, publicado em 1993, ele contou que a descoberta da molécula foi tão importante para história da humanidade que ela deveria ter esse nome. Ele é a apenas o segundo vencedor do prêmio a leiloar a peça em vida. O primeiro foi James Watson, que ao lado de Francis Crike e Maurice Wilkins, venceu o Nobel de Medicina pela descoberta do modelo de dupla hélice no DNA. Porém, Assim que Alisher Usamov comprou a relíquia, ele devolveu a peça para seu antigo dono.

O normal é que os herdeiros dos ganhadores promovam os leilões.

A própria Nate D. Sanders vendeu duas delas. Em fevereiro, foi leiloada a do Nobel de Economia de 1971, Simon Kuznets, por US$ 390 mil (US$ 1,228 milhão), e a do Nobel de Química de 1927, Heinrich Wieland, por US$ 395 mil (R$ 1,244 milhão).