Desafio do laço vermelho é lançado para conscientizar sobre prevenção à Aids 

Campanha acontece em redes sociais; número de jovens contaminados pela doença aumentou

No último domingo (16), a Coordenadoria Especial da Diversidade Sexual do Rio de Janeiro (Ceds-Rio) lançou uma campanha interativa para dar visibilidade ao Dia Mundial de Luta contra a Aids, celebrado no dia 1º do próximo mês. O lançamento da campanha intitulada #DesafioDoLaçoVermelho aconteceu durante a 19ª Parada do Orgulho LGBT do Rio de Janeiro. De acordo com a Ceds-Rio, a ideia é alertar a população para o fato de que a luta contra Aids é algo fundamental e também conscientizar a população sobre o fato de não existir grupos de risco, mas sim comportamentos de risco.

No lançamento da campanha, visitantes do lounge Rio Sem Preconceito foram convidados a interagir com o símbolo do laço vermelho, visto como símbolo de solidariedade e de comprometimento na luta contra a Aids desde 1991. Para participar da corrente, as pessoas foram orientadas a compartilhar voluntariamente através de redes sociais uma fotografia com a mensagem da campanha junto ao símbolo do laço vermelho. Depois disso, cada participante deveria desafiar três amigos a fazerem o mesmo.

De acordo com o último boletim epidemiológico apresentado pelo Ministério da Saúde, houve um aumento de contágio do HIV entre pessoas de 15 a 24 anos. Segundo Carlos Tufvesson, presidente da Comissão DST AIDS do Conselho Municipal de Saúde do Rio, o acesso à informação é fundamental para impedir a transmissão da doença. “Conhecer seu estado sorológico através da testagem é a maneira de interromper a cadeia de transmissão desta epidemia. Chamamos atenção para a prevenção ser um ato de amor, pra si próprio e para seu parceiro(a) e que o teste deve ser feito por todas as pessoas sexualmente ativas”, afirma.

A campanha foi inspirada no “Desafio do balde de gelo”, a recente mobilização de combate à esclerose lateral amiotrófica (ELA) que teve forte repercussão na internet. De acordo com a Ceds-Rio, iniciativas como a do balde de gelo impactam diretamente os jovens, público alvo da campanha, por eles terem normalmente em contato mais direto com o ambiente online. Artistas e personalidades da mídia também receberão convites para participar da campanha através das redes sociais.

O #DesafioDoLaçoVermelho pretende ainda incluir a temática da luta contra o vírus HIV no cotidiano de milhares de pessoas em todo o Brasil, dando a visibilidade necessária para as questões envolvidas no combate à doença. No dia 1º de dezembro, dia mundial de luta contra a Aids, a Prefeitura do Rio irá iluminar 13 monumentos em vermelho e iniciar a 4ª Campanha Carioca de Prevenção.

*Do programa de estágio do JB