China anuncia missão espacial em dezembro

Programa espacial enviará sonda lunar para recolher amostras

 A China enviará uma sonda à lua no início de dezembro, informa um porta-voz da agência estatal que controla o programa espacial em Pequim. A sonda, que deverá chegar à lua na metade do mês, transportará um veículo capaz de aterrissar na superfície lunar para recolher amostras para análise científica. A sonda "Chang'e 3" está inserida na segunda fase do programa lunar da China. Não está claro qual é o deadline para que o objetivo do programa seja atingido com sucesso: ser o primeiro país asiático a enviar o homem à lua. O ambicioso programa espacial chinês enviou seu primeiro orbitador lunar, o Chang'e 1, em 2007, quando o programa teve início. Em 2010, a segunda sonda, Chang'e 2 foi lançada. Até 2020, o chineses querem construir uma estação espacial, permitindo, assim, que seja viável o envio de astronautas à lua.

    No início de novembro, a Índia lançou sua primeira missão para Marte com o lançamento da sonda "Mangalayaan" (em sânscrito "viagem para Marte"). A missão custou US$55 milhões e causou certa perplexidade por pessoas que viam o investimento como desperdício, já que no país um terço da população vive na miséria. (ANSA)