Nasa prepara nova missão para colher amostras do solo e das rochas de Marte

A agência espacial norte-americana (Nasa) planeja lançar nova sonda para Marte em 2020. A ideia é que o equipamento seja capaz de colher amostras do solo e das rochas do planeta, pois a Curiosity, o robô móvel da Nasa não conseguiu fazer o trabalho. No entanto, os objetivos da missão ainda não foram revelados.

A nova sonda deve custar mais de US$ 2,5 bilhões. No entanto, os cientistas e especialistas da Nasa trabalham para reduzir custos, utilizando a tecnologia existente, baseada na Curiosity. Serão utilizados os desenhos técnicos do robô, com peças sobressalentes e tecnologia comprovada, como o sistema que fez a aterragem da sonda em agosto, em uma cratera de Marte.

A exemplo da Curiosity, a missão será comandada pelo Laboratório de Propulsão a Jato da Nasa. Porém, ainda faltam detalhes que precisam  ser trabalhados, como especificar onde a sonda será instalada e que instrumentos vai transportar para a superfície.

O diretor da divisão de Ciência Planetária da Nasa, Jim Green, disse que os obstáculos de engenharia foram corrigidos e que espera que a nova sonda tenha custo menor.