Saúde envia recursos para casas de apoio a pessoas com HIV/Aids em SP e CE

O Ministério da Saúde autorizou o repasse de R$ 3,989 milhões para o financiamento de casas de apoio para pessoas vivendo com HIV/Aids nos estados do Ceará e de São Paulo este ano. A portaria foi publicada hoje (9) no Diário Oficial da União.

Desse total, R$ 3,670 milhões irão para 17 municípios de São Paulo. Além da capital, receberão recursos as cidades de Americana, Bauru, Cajamar, Campinas, Carapicuíba, Guaratinguetá, Indaiatuba, Lagoinha, Moji Mirim, Osasco, Ribeirão Preto, Santos, São Bernardo do Campo, São Carlos, Tatuí e Tupão.

No Ceará, recursos no valor de R$ 319,8 mil irão para Fortaleza (R$ 177,6 mil)e Sobral (R$ 142,2 mil).

As casas de apoio foram criadas na segunda metade da década de 1980 para oferecer abrigo e assistência a adultos vivendo com HIV/aids em condições de vulnerabilidade socioeconômica. Nesses locais, os pacientes são acolhidos temporariamente e recebem orientação sobre os cuidados com a saúde, o uso correto dos medicamentos e a adesão ao tratamento.

O governo federal repassa recursos para estimular o trabalho das casas de apoio. As instituições habilitadas são gerenciadas em cogestão de estados e municípios, complementando uma rede de assistência à saúde constituída em cada um dos estados.