Rio vai sediar Fórum Mundial da Ciência em 2013

Encontro reunirá grandes nomes da ciência e ganhadores do Prêmio Nobel 

Em novembro de 2013, o Rio de Janeiro será sede de mais um grande evento, o Fórum Mundial da Ciência. Ainda sem data e local definidos, o encontro reunirá grandes nomes da área científica brasileira e internacional para debater o papel da ciência para o desenvolvimento global.  

Criado em 1999, o fórum é realizado a cada dois anos em Budapeste, na Hungria. A próxima edição será a primeira realizada em outro país. Em 2009, representantes da América Latina solicitaram que o encontro ocorresse alternadamente em outras capitais do mundo, que têm lugar de destaque na área de ciência, tecnologia e inovação. 

Com apoio da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco), o Brasil foi escolhido devido à relevante atuação da Academia Brasileira de Ciências (ABC) nos últimos anos, representando a produção nacional nas principais instituições e fóruns internacionais. 

Para o secretário de Ciência e Tecnologia, Alexandre Cardoso, a realização do fórum contribuirá ainda mais para desenvolver e estimular as pesquisas em ciência no Rio de Janeiro, transformando o Estado num polo de inovação.

- A realização do Fórum Mundial de Ciência vai impulsionar a ideia de transformar a cidade no principal polo científico do país. Vários prêmios Nobels estarão aqui, o que dará projeção internacional ao Rio no meio científico. Além disso, a Academia Brasileira de Ciência terá sua sede na capital. Recentemente, o Estado doou um prédio, tombado pelo Inepac, para ser reformado e ocupado pela academia. O governo está contribuindo para fazer do Rio um estado de convergência da Ciência - diz Cardoso.

Presidente da ABC, o professor Jacob Palis destaca que a importância fundamental para a ciência brasileira que o País sedie um evento como o fórum, e reafirma o vigor do avanço das áreas de Ciência, Tecnologia e Inovação no Brasil. A instituição organiza uma série de reuniões regionais para construir a agenda que será apresentada durante o Fórum Mundial da Ciência, além de divulgar a realização do evento.

- No fim de agosto, estaremos em São Paulo reunidos com cientistas das principais instituições de ciência, tecnologia e inovação acolhendo temas para incluir na programação. O primeiro encontro com os representantes do Comitê Científico Internacional e da Academia de Ciências da Hungria, que organiza o fórum, será no dia 18 de junho, durante a Rio + 20, é já temos reuniões marcadas em Manaus, Recife, Salvador, São Paulo, Porto Alegre e Brasília, todas com o apoio do Ministério da Ciência e Tecnologia - enumerou Palis.