Rinoceronte morre durante apresentação à imprensa na África

Um rinoceronte morreu na quinta-feira na África do Sul durante uma apresentação à imprensa de um dispositivo de rastreamento que deveria servir para coibir a caça do animal. Segundo os veterinários, o animal foi sedado para a apresentação e morreu após receber um medicamento para acordar.

O animal teria uma condição desconhecida que teria levado a uma parada cardíaca em resposta à aplicação do medicamento. "Ele respondeu muito bem ao tratamento e o procedimento é 100% seguro, mas sempre há grandes riscos quando um animal tão grande é sedado", diz Lorinda Hern, dona da Reserva Natural de Rinocerontes e Leões. O animal morreu cerca de 20 s após a administração da substância.

O uso de equipamentos de rastreamento é uma das medidas que estão sendo testadas na África do Sul para evitar a caça de rinocerontes - no ano passado, 450 desses animais ameaçados de extinção foram mortos por caçadores. Os chifres do animal são utilizados na medicina tradicional asiática, apesar de não haver nenhuma evidência científica de seu valor.