Gripe Suína: hospitais de SP cancelam cirurgias para liberar leitos

JB Online

SÃO PAULO - Dois dos principais hospitais de São Paulo anunciaram o cancelamento de cirurgias não emergenciais por conta do aumento de casos da gripe suína. O Albert Einstein e o Incor decidiram se prevenir e assim liberar leitos a pacientes. A decisão foi tomada devido ao grande aumento no número de pessoas que estão procurando as unidades hospitalares com sinotmas de gripe, já que esta é a melhor maneira de se diagnosticar a gravidade do caso.

No Incor, que liberou 16 leitos com a medida, o problema se agrava com o afastamento de 12 funcionários, suspeitos de terem contraído o vírus. Além disso, o centro cirúrgico está em reformas. O hospital tem ainda uma área toda isolada no sétimo andar para receber possíveis vítimas do vírus H1-N1

No Albert Einstein, 40 cirurgias foram adiadas, pois vários pacientes precisaram se internar e ocuparam leitos que seriam usados para estas operações.