Gênio da computação de nove anos não escapa da lição de casa

REUTERS

CINGAPURA - Ele foi manchete do noticiário pelas habilidades na programação de softwares, mas o garoto de 9 anos Lim Ding Wen, de Cingapura, só tem permissão para brincar com o computador por duas horas ao dia, com a condição de que antes tenha finalizado sua lição de casa.

Ding Wen, que começou a usar um computador aos dois anos de idade, tornou-se celebridade depois de escrever uma aplicação para o iPhone batizada de Doodle Kids, que permite aos usuários desenhar usando os dedos na tela do celular e depois apagar os desenhos simplesmente chacoalhando o aparelho.

A aplicação, disponível na loja iTunes da Apple, tem atualmente mais de 27 mil usuários em todo o mundo.

- Programação é fácil, eu só tenho um interesse natural nisso - disse o rapaz à Reuters. "É divertido."

O pai de Lim, Lim Thye Chean, é diretor de tecnologia de uma empresa local e o garoto cresceu rodeado de computadores. O pai conta conta que o filho começou a fazer perguntas sobre programação dois anos atrás e ele decidiu começar a ensiná-lo em um velho Apple II GS de 16 bits, acreditando que assim seria fácil o suficiente para o menino.

Desde então, Ding Wen já aprendeu seis linguagens de programação e completou algo como 20 projetos.

- Ding Wen não é um gênio. Ele apenas se dedica bastante a tudo o que faz. Qualquer um que se interesse pode programar - disse Lim.

As habilidades de Ding Wen podem estar muito além da idade - ele está escrevendo outro jogo para iPhone -, mas ele ainda vive a rotina normal de um garoto de nove anos e isso envolve lição de casa e outras regras domésticas.