Crianças sofrem queimaduras após desfile em acidente com caminhão na Sapucaí

Porta-bandeira da mesma escola também ficou ferida ao cair na avenida

Três integrantes da Ala das Crianças da escola de samba Unidos de Padre Miguel, uma adulta e duas crianças, se feriram após serem atingidas por um produto liberado por um caminhão da Comlurb, que fazia a coleta de lixo na dispersão do sambódromo. O acidente aconteceu já no final do desfile da agremiação na madrugada deste domingo (26). As informações são do G1.

A vice-presidente da Ala das crianças, Janaína Daniela Augusto, e mais duas crianças sofreram queimaduras pelo corpo e foram levadas ao Hospital Souza Aguiar, no Centro.

Janaína teve queimaduras no rosto, peito e braços. Uma das crianças teve queimaduras no tornozelo, enquanto a outra apresentou um quadro alérgico. Uma das crianças, segundo o marido de Janaína, precisou ser levada ao o Centro de Tratamento Intensivo (CTI) do hospital, mas a Secretaria Municipal de Saúde negou a informação.

Segundo ele, os componentes da ala faziam a retirada das fantasias ao fim do desfile, quando a mangueira do caminhão estourou. Por conta da pressão, o óleo que estava no interior da mangueira teria jorrado na direção dos integrantes.

A Secretaria Municipal de Saúde disse, em nota, que os casos foram de queimaduras leves, de primeiro grau.

Durante o desfile, a porta-bandeira Jéssica Ferreira, da mesma agremiação das crianças feridas, também precisou ser hospitalizada. Ela caiu durante o desfile e sofreu uma entorse no joelho. Ela recebeu o primeiro atendimento no posto sete do Sambódromo, onde foi constatada a lesão no joelho esquerdo. Ela foi transferida para o Hospital Municipal Souza Aguiar para mais exames.