Jornal do Brasil

CadernoB - Televisão

Marcos Pasquim diz que perdeu muito dinheiro como contratado da Globo

Jornal do Brasil

O ator Marcos Pasquim, 50, conhecido por trabalhos como "Morde e Assopra", "Uga Uga" e "Caras e Bocas", conta que teve prejuízos na época em que trabalhava na TV Globo, emissora em que ficou até 2015.

"Perdi muito dinheiro na época de contratado da Globo", conta em entrevista ao Notícias da TV. "Sinceramente, acho esse sistema mais justo. No mundo inteiro, todo ator recebe por obra, e as duas partes ficam livres para convidar ou aceitar um determinado trabalho independentemente de o ator estar muito tempo sem fazer algo. Eu era protagonista da emissora e tinha que pedir autorização para tudo. E ela, muitas vezes, me foi negada. Perdi vários tipos de trabalhos".

O último trabalho do ator na emissora foi na novela "O Tempo Não Para", a qual ele tem uma série de críticas. Segundo Pasquim, o autor da trama "se perdeu". 

"Sabe quando o ator não vai bem e se perde em uma novela? Acontece também com os autores. Em O Tempo Não Para, não foi só comigo, outros colegas sofreram com a perda da função. E aí não tem muito que fazer. O autor se perdeu, e eu confesso que fiquei bem decepcionado", disse na entrevista. "Rasgaram 80 capítulos, e o meu personagem rodou".

Afastado da Globo, o ator, que já esteve em quase 30 produções, agora aposta no teatro. "É difícil as pessoas chamarem você para fazer um personagem diferente do seu 'perfil' nos últimos anos", lamenta. 

(FolhaPress SNG)