Vitor Araújo apresenta o show 'Piano Solo' no Clube Manouche nesta quinta

O pianista e compositor pernambucano Vitor Araújo chega de turnê internacional – numa pausa de duas semanas nesta agenda - e desembarca no palco do Clube Manouche nesta quinta (17), a partir das 21h, para apresentar seu concerto solo ao piano, que transita entre o clássico e o experimental, carregando a forte marca do hibridismo entre diferentes linguagens musicais.

Macaque in the trees
Vítor Araújo transita entre o erudito e o experimental em seu show 'Piano Solo' (Foto: Divulgação)

Vitor Araújo conheceu o piano aos oito anos de idade, e, desde então, desenvolveu toda a sua carreira artística em volta dele. De estudante premiado na infância e adolescência, passou para polêmico e singular intérprete da música erudita com grande reverberação nacional, devido à sua leitura pouco ortodoxa de obras clássicas e à apropriação do universo do jazz na execução de partituras consagradas. Sua abordagem bastante particular do piano lhe rendeu premiações como a da APCA e do Festival de Cinema de Brasília logo em seus primeiros anos de carreira. Os seus dois álbuns de estúdio foram recebidos com acentuado entusiasmo pela crítica – “A/B” (2012) e “Levaguiã Terê” (2016).

O artista subiu ao palco recentemente em Nova York, Bari, Bruxelas, Avignon e Dusseldorf - tanto com esse concerto solo, que volta a apresentar no Brasil, quanto com o show de seu último álbum e também com a performance “The Lingering Now”, produção do Teatro Nacional de Bruxelas em que compôs a música original ao lado de Domenico Lancelotti, e que segue em turnê mundial como diretor musical, trabalho que o rendeu elogios em veículos como o britânico The Guardian. Esse ano, ainda passará pela Bélgica e pelas cidades de Paris, Girona e Strasbourg.

Esse concerto já passou tanto por salas tradicionais quanto por programações jazzísticas, já esteve presente tanto em grandes teatros quanto em line-ups de festivais de música alternativa. Foi muito bem recebido também em cidades como Viena (na histórica Konzerthaus), Frankfurt, Buenos Aires, Medellín - e mais recentemente em Milão, no Festival Piano City, e Bari, no Festival Bari In Jazz.

No repertório, Vitor passa tanto por suas composições - que se utilizam do piano como plataforma musical rica para experimentações diversas - quanto por desconstruções e re-visitas à obras de outros compositores, como Heitor Villa-Lobos, Tom Zé, Cole Porter, Henry Mancini e Garoto.

Serviço: Show: Vitor Araújo em Piano Solo / Local: Clube Manouche/Casa Camolese (Rua Jardim Botânico, 983, Jardim Botânico, Tel: 3514-8200) / Data e horário: 17 de outubro, quinta, 21h / Ingressos: R$ 60,00 (inteira), R$ 40,00 (ingresso solidário: com 1 kg de alimento não perecível) e R$ 30,00 (meia) / Venda antecipada: https://manouche.byinti.com / Classificação: 18 anos / Estacionamento no local (tarifado).