Publicidade

CadernoB

EAV Parque Lage inaugura curso on-line com aula aberta de Anna Bella Geiger e Fernando Cocchiarale

Abstracionismos nacionais e internacionais

Foto: Renan Lima/Divulgação
Credit...Foto: Renan Lima/Divulgação

Na próxima terça-feira (dia 20/10), às 19h, a Escola de Artes Visuais do Parque Lage inaugura o curso “Sobre abstracionismos nacionais e internacionais”, ministrado pela artista Anna Bella Geiger e pelo curador Fernando Cocchiarale. A primeira aula será transmitida ao vivo, gratuitamente, através do canal do YouTube da EAV, sem inscrição prévia. 

Partindo da pesquisa realizada em 1980 e 1981, que deu origem ao livro 'Abstracionismo geométrico e informal – a vanguarda brasileira nos anos cinquenta', obra fundamental para a história da arte brasileira, lançada pela FUNARTE em 1987, Anna Bella Geiger e Fernando Cocchiarale se debruçam sobre o período do pós 2ª guerra, expandindo o diálogo com a arte internacional. Hoje, 40 anos após esta crucial pesquisa ter sido realizada, a EAV lança o curso on-line Sobre Abstracionismos Nacionais e Internacionais, no qual os professores apresentam uma constelação de obras e artistas dedicados à produção de abstratos desde a década de 1950. O curso retoma conceitos fundamentais para a produção artística, construindo relações com a contemporaneidade e atualizando a importância do pensamento abstrato.

O CURSO
Anna Bella Geiger e Fernando Cocchiarale

O curso de Anna Bella Geiger e Fernando Cocchiarale é uma introdução à Arte Abstrata no Brasil e no exterior, durante o pós 2ª Guerra Mundial (anos 1950), que analisará diversas obras daquele período, suas relações e influências nas gerações atuais.

DINÂMICA

Aulas expositivas on-line por videoconferência

PÚBLICO

Indicado para pessoas interessadas em conhecer e/ou pesquisar o tema.


QUANDO

20 de outubro a 08 de dezembro, sempre às terças, de 19h às 21h.

VALOR

R$ 760 ou 2x de R$ 380

MAIS INFORMAÇÕES

SITE / whatsapp: (21) 99232-8162

INSCRIÇÕES

[email protected]

whatsapp: (21) 99232-8162

ANNA BELLA GEIGER

Nascida no Rio de Janeiro, em 1933. Graduada em Línguas Anglo-Germânicas, pela Faculdade Nacional de Filosofia (UFRJ). Ainda nos anos 1950, estudou História da Arte e Sociologia da Arte com Hanna Levy Reinhardt na New York University e na New School for Social Research. Em 1952 participou da 1ª Exposição Nacional de Arte Abstrata, no Rio de Janeiro, e em 1962 ganhou o Primér Premio Casa de Las Americas, Tava, Cuba. Desde então, tem exposto regularmente, em individuais e coletivas, no Brasil e no exterior, como em muitas edições da Bienal de São Paulo, Veneza, Bienalle du Jeune (Paris, 1967), II Bienal de Liverpool, 5 éme Bienalle Internationale de Photographie (Liège, 2000), na Trienal Poligráfica de San Juan, e na 11th International Biennial Exhibition of Prints in Tokyo (1979). Seus trabalhos integram coleções como a do MoMA (Nova York), do Centre Georges Pompidou (Paris), Tate Modern e Victoria and Albert Museum (Londres), Getty Institute (Los Angeles), The FOGG Collection (Boston), Hank Hine – TAMPA Museum (Flórida), entre outras. Com Fernando Cocchiarale, publicou o livro “Abstracionismo geométrico e informal” (Funarte, 1987). Ensina no Higher Institute for Fine Arts – HISK (Ghent, Antuérpia), e na Escola de Artes Visuais do Parque Lage (Rio de Janeiro).


FERNANDO COCCHIARALE 

Professor de Filosofia do Departamento de Filosofia da PUC-RJ desde 1978, e da Escola de Artes visuais do Parque Lage desde 1990. Autor de livros como “Abstracionismo Geométrico e Informal: A Vanguarda Brasileira dos Anos 50” com Anna Bella Geiger (Rio de Janeiro, MEC/ Funarte, 1987), e “Quem Tem medo da Arte Contemporânea” (Recife, Fundação Joaquim Nabuco, Editora Massangana, 2006). Publicou cerca de 200 artigos, textos e resenhas em coletâneas, catálogos, jornais e revistas de arte do Brasil e do exterior tais como o Jornal do Brasil, RJ; Módulo, RJ; Guia das Artes, SP; Galeria e ArtNexus, Colômbia. Foi membro da comissão curadora do Projeto Rumos Visuais de 1999 a 2000; curador-coordenador do mesmo projeto entre 2001/2002 e, de 2000 a 2007, curador do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM/RJ). Foi curador da Casa de Cultura Laura Alvim (2011/2012), no Rio de Janeiro, e curador das mostras de arte contemporânea do Santander Cultural, Recife (2011). É Doutor em Tecnologias da Comunicação e Estética pela Escola de Comunicação da UFRJ (2012). Em 2016 reassumiu a curadoria do MAM/RJ.