Ballet Bolshoi transmite 'O Quebra-Nozes' nesta sexta-feira

Macaque in the trees
Bailarinas atuam no Ballet de Bolshoi, em Moscou, na Rússia (Foto: Sputnik / Evgeny Biyatov)

O Ballet Bolshoi, uma das maiores companhias de balé clássico do mundo, vai transmitir o balé "O Quebra-Nozes", de Tchaikovsky, nesta sexta (10), em seu canal do YouTube. A informação é da agência de notícias Sputnik Brasil. A transmissão começa às 13h no horário de Brasília e o vídeo ficará disponível durante dois dias.

A bailarina Alice Botelho contou quais são as suas expectativas para "O Quebra Nozes".

"Como bailarina, sou suspeita para falar sobre o Ballet Bolshoi, que é uma das maiores companhias de balé clássico do mundo. Eles raramente fazem turnê, o preço dos ingressos não é muito acessível e esgotam muito rápido. Então hoje teremos uma oportunidade única", explicou.

Ela acredita ser essencial ter acesso à arte em momento tão delicado, como o da pandemia de Covid-19.

"Estamos vivendo um momento muito tenso, de muita apreensão. A arte, no geral, dentro da nossa casa, pode reanimar os ânimos. A gente pode se aliviar um pouco, se desprender de tudo isso que está acontecendo. Ter contato, agora, com o belo, com o primoroso, é essencial", disse.

Macaque in the trees
Bendito o fruto em ensaio do Bolshoi (Foto: Sputnik / Vitaly Belousov)

O Ballet Bolshoi tomou a iniciativa de transmitir suas peças on-line de graça em meio à campanha para que as pessoas fiquem em casa durante a quarentena.

Para os bailarinos, "ter a consciência de que sua apresentação vai ser disponibilizada para o mundo inteiro, é muito impressionante. Deve ser uma sensação maravilhosa e muito desafiadora", ponderou Botelho.

Macaque in the trees
Bailarina Svetlana Zhakharova ensaia no Teatro Bolshoi, em Moscou (Foto: Sputnik / Ramil Sitdikov)

O balé "O Quebra Nozes" faz parte do repertório clássico. É uma das três peças que o compositor Pyotr Ilitch Tchaikovsky fez para o balé, ao lado de "Lago dos Cisnes" e "A Bela Adormecida". "É uma peça tradicional e deve ser uma das mais encenadas no mundo", contou Botelho.

Mesmo quem nunca ouviu falar desse balé, com certeza vai reconhecer muitas das músicas e melodias entoadas durante a peça.

A bailarina lembrou que "nós, como brasileiros, temos uma proximidade um pouco maior porque o Brasil é o único lugar do mundo que tem uma escola do Ballet Bolshoi fora da Rússia, em Joinville (SC). Isso é motivo de orgulho para nós do mundo da dança."

Acesse aqui o link do canal do Ballet Bolshoi para assistir à transmissão, que irá ter início às 13h do horário de Brasília. (Sputnik Brasil)



Bailarinas atuam no Ballet de Bolshoi, em Moscou, na Rússia
Bendito o fruto em ensaio do Bolshoi
Bailarina Svetlana Zhakharova ensaia no Teatro Bolshoi, em Moscou