Jornal do Brasil

CadernoB

Empresa italiana lança 'VatiVision', a 'Netflix do Vaticano'

Plataforma contará com conteúdo religioso, artístico e cultural

Jornal do Brasil

A partir do primeiro trimestre de 2020, uma nova plataforma de streaming ficará disponível na Itália e no mundo. Batizado de "VatiVision", o serviço contará com conteúdos exclusivamente religiosos, artísticos e culturais inspirados na mensagem cristã.

Macaque in the trees
'VatiVision', a 'Netflix do Vaticano'. O serviço contará com conteúdos exclusivamente religiosos, artísticos e culturais inspirados na mensagem cristã (Foto: Ansa)

A espécie de "Netflix do Vaticano" propõe a "transmissão de séries de TV, filmes e documentários destinados ao público global que reconhece ou tem interesse nos valores cristãos", através de diferentes dispositivos, como smartphone, tablets, consoles de games, web, entre outros. O projeto italiano tem como acionistas a empresa Vetrya, um grupo toscano de desenvolvimento de serviços digitais que entrou com uma participação de 25%, e a produtora de filmes Officina della Comunicazione, detentora de 75% das ações.

Nos voltamos para metas que foram negligenciadas até o momento e pretendemos alcançar resultados importantes, tanto pela qualidade e originalidade do conteúdo quanto pela distribuição mundial, com um público potencial de um bilhão e 300 milhões de pessoas de fé católica", explicou Luca Tomassini, presidente da plataforma e representante da Vetrya. O "VatiVision" nasceu com os mesmos objetivos da Officina della Comunicazione, que nos últimos anos produziu documentários, séries de televisão e filmes religiosos, em colaboração com o Centro de Televisão do Vaticano. Alguns dos trabalhos também foram realizados em parceria com as principais redes de TV nacionais e internacionais, como a RAI.

"Estamos orgulhosos de empreender esse projeto desafiador em conjunto com a Vetrya, que não apenas representa a excelência em questões tecnológicas, mas também um modelo de referência industrial que será o valor agregado para propor conteúdo ao público que até agora não é encontrado nos canais tradicionais ou em plataformas online já disponíveis", afirmaram Nicola Salvi e Elisabetta Sola, diretores do serviço e representantes da produtora de filmes. A plataforma de distribuição tecnológica da "VatiVision", chamada Eclexia, será fornecida pela Vetrya. "Para mim, é motivo de orgulho estar encarregado da empresa que dirigirá a VatiVision. Na Vetrya, sempre estávamos convencidos de que as plataformas ligadas ao campo do vídeo representam uma oportunidade extraordinária, capaz de mudar os modelos tradicionais de distribuição", concluiu Tomassini. (Ansa)