Mortes por Covid-19 no Brasil chegam a 11.519 e total de casos se aproxima de 170 mil

O Brasil registrou nesta segunda-feira 396 novas mortes por coronavírus, o que eleva o total no país para 11.519, e mais 5.632 casos, com a contagem total chegando a 168.331, informou o Ministério da Saúde.

Os números ficam abaixo dos registrados na véspera, quando foram contabilizados 496 novos óbitos e 6.760 novos casos.

Mais cedo, a plataforma de dados do Ministério da Saúda apontava os número de domingo como 12.392 novas infecções e 892 novas mortes —que seriam recordes diários— mas a pasta informou que os números estavam incorretos devido a uma manutenção.

Os recordes diários desde o início da pandemia são de 8 de maio para os óbitos (751) e 9 de maio para os casos (10.611).

A taxa de letalidade do país segue em 6,8% dos casos.

A divulgação diária dos números pelo Ministério da Saúde não indica que as infecções e óbitos tenham necessariamente ocorrido nas últimas 24 horas, mas sim que os registros foram inseridos no sistema no período.

O ministro da Saúde, Nelson Teich, disse nesta segunda-feira que o país passará a intensificar a atuação nas fases iniciais da doença, logo que as pessoas começarem a sentir sintomas, o que foi classificado por ele como a “abordagem ideal para a Covid-19”.

A pasta divulgou ainda uma série de diretrizes sobre distanciamento social para ajudar Estados e municípios no combate à pandemia, incluindo métodos de pontuações para a definição de qual tipo de isolamento deve ser aplicado em cada local.

São Paulo segue como o Estado mais afetado do país, com 46.131 casos e 3.743 mortes.

Na sequência vêm o Rio de Janeiro, com 17.939 infecções e 1.770 óbitos, e o Ceará (17.599 casos, 1.189 mortes).(Reuters)