ONG sofre com recessão trazida pela pandemia e faz apelo por doações

Além de cuidados veterinários e de higiene, cães e gatos necessitam de ração e medicamentos

A Associação Proteger, que realiza um trabalho voluntário de resgate e reabilitação de animais em situação de abandono e maus-tratos nas cidades de Petrolina (PE) e Juazeiro (BA), está realizando uma campanha para angariar recursos e custear os cuidados básicos dos animais acolhidos pela organização.

A recessão trazida pela pandemia do coronavírus (Covid-19) afetou a receita de muitas ONGs que sobrevivem apenas com a ajuda de doações. Além de cuidados veterinários e de higiene, cães e gatos necessitam de ração e medicamentos. Muitos são especiais e dependem de cuidados diferenciados.

Para tentar driblar a queda de doações, a Associação Proteger criou uma campanha de financiamento coletivo através da plataforma Vakinha. Segundo informações do portal G1, a organização já ajudou mais de 3 mil animais do Vale do São Francisco. Para auxiliar o trabalho da associação, clique AQUI.

(Agência Anda)