'BBB 12': na hora das compras, fumantes levam bronca de Boninho

Por volta das 12h desta segunda-feira (16) os participantes deram início as compras no Mercado BBB. João Carvalho cedeu todo o seu saldo - de 700 estalecas - para a casa. No entanto, salientou: "o básico é fruta, legume, carne e peixe. A única coisa que eu quero do meu dinheiro é o cigarro".

O diretor do programa, Boninho, reclamou pelo alto-falante da casa: "eu gostaria de avisar para a podridão dos fumantes que o cigarro está lá fora e que, quem quiser, irá pagar bem caro". No caixa, cada maço custava 100 estalecas - a moeda utilizada na casa. Para efeito de comparação, um litro de leite valia 10.

Quarteto nas compras

Os brothers foram convidados a colocar a mão em uma urna e retirar uma bolinha. Fael, Daniel, Fabiana e Jake puxaram a bolinha colorida e foram liberados para irem até o mercado, fazer as compras para o restante da casa. Na sequência, o líder João distribuiu os "extratos bancários".

O documento mostrava quantas estalecas cada um tinha em conta, já descontadas as punições (menos 10 estalecas a cada advertência). "Nunca tive tanto dinheiro", vibrou Jake. Todos precisaram separar uma quantia para contribuir com as compras gerais da casa.

Após uma rápida confusão, em que todos falavam ao mesmo tempo, João Maurício lembrou que os confinados precisavam deixar uma reserva de dinheiro. "Não é para guardar e comprar um passeio de barco, mas, na semana que vem, a gente pode não ganhar nada", salientou.

Apesar dos brothers passarem a semana apostando que seriam submetidos ao regime da "xepa", isso não aconteceu, ao menos até o momento.