Vinagre de maçã combate azia, indigestão e re?uxo gástrico

Provavelmente você já teve, ou pelo menos conhece alguém, que sempre tem “azia” ou “má digestão”. A incidência do problema é tão grande que cada vez mais vemos publicidade de todo tipo de medicações para isso. Esses sintomas de desconforto no estômago estão associados com a digestão dos alimentos, podendo ser causados por diversos fatores, isolados ou associados. É algo que atinge ambos os sexos, todas as idades e surpreendentemente mesmo aqueles que aderem a uma chamada “dieta saudável”. 

Algumas causas são comer em excesso, ingerir alimentos ácidos ou apimentados, não mastigar adequadamente os alimentos, alimentar-se em condições de estresse, ter alergia ou intolerância alimentar e consumir excesso de alimentos gordurosos. 

Em todas essas condições há um problema mais profundo, porém: a inadequada acidez gástrica para que haja boa digestão. Sim, é isso mesmo que você leu, muitas vezes o problema é ácido a menos, e não a mais! Conforme vamos envelhecendo, perdemos muito da acidez. E essa falta pode também ser a causa da azia e da indigestão.

É aí que está o problema dos antiácidos. Eles tiram o desconforto como se fosse mágica, mas raramente curam o problema, pois não vão à origem. Esses produtos simplesmente reduzem a acidez gástrica para níveis não saudáveis e que trazem muitas consequências futuras desfavoráveis, a começar com uma má assimilação nutricional – o primeiro passo para as doenças e envelhecimento precoce. 

Corrigindo a acidez naturalmente – não com antiácido –, o estômago retorna ao PH saudável. E é aí que o vinagre de maçã pode ajudar. 

O vinagre de maçã normaliza a acidez do seu estômago e também ajuda na produção de ácido hidroclorídrico, um forte aliado da digestão. É por isso que um pouco de vinagre de maçã antes ou durante as refeições é tão indicado. 

Quando consome vinagre de maçã, você suplementa a acidez gástrica com uma versão menos intensa: o ácido acético. Ele é seguro, fácil de usar, e naturalmente, pode aliviar os sintomas de indigestão. 

O vinagre de maçã não só estimula eficazmente o suco digestivo (ácido hidroclorídrico) que ajudam o corpo a quebrar os alimentos, mas também contém outros ácidos saudáveis, como os ácidos isobutírico, propiônico e lático, que pode controlar o crescimento de fungos indesejáveis e bactérias no estômago e em todo o corpo. 

O ácido acético, em especial, estimula a produção de bactérias boas, como lactobacillus e bifidobacteria no trato digestivo, reduzindo os sintomas da doença gastrointestinal.

O vinagre de maçã também pode ser uma benção para a saúde digestiva, com base nos resultados de um estudo realizado em ratos com colite ulcerativa. E tem mais: a pectina deste vinagre pode ajudar a aliviar os espasmos intestinais. 

Para usar o vinagre de maçã, misture duas ou três colheres de sopa de vinagre de maçã em um copo de água. Outra opção é associar um colher de chá de mel. Não enfatizo esta prática de rotina, pois haverá um aumento de frutose e, como consequência, piora da sua saúde, com alteração da sensibilidade à insulina e ganho de peso. 

Aviso importante: não use vinagre de maçã se estiver usando antiácidos, protetores gástricos ou medicações que aceleram a passagem do alimento pelo trato digestivo. Nesses casos, converse com o seu médico. 

* Médico e nutrólogo