Jornal do Brasil

Segunda-feira, 28 de Julho de 2014

País

Amorim diz que tem apreço por Jobim e agradece confiança de Dilma

Jornal do Brasil

Em um rápido pronunciamento a jornalistas na capital paraibana, o novo ministro da Defesa, Celso Amorim, agradeceu a confiança da presidente Dilma Rousseff e disse que tem apreço pelo trabalho dos antecessores e que pretende corresponder aos interesses da nação.

"Primeiramente, gostaria de agradecer a confiança da presidente Dilma Rousseff. Tenho apreço pelo trabalho dos meus antecessores. Quero corresponder aos interesses da nação", declarou o ministro.

Amorim disse ainda que deve se encontrar neste sábado, em Brasília, com os comandantes das Forças Armadas.

Amorim deve se encontrar com comandantes das Forças Armadas neste sábado
Amorim deve se encontrar com comandantes das Forças Armadas neste sábado

Jobim deixa a Defesa e Celso Amorim assume a pasta. "O copo encheu", diz líder do governo

>> Conheça a trajetória de Nelson Jobim no governo

>> Saiba mais sobre Celso Amorim, novo ministro da Defesa

Celso Amorim cancelou a entrevista coletiva que daria às 12h, na Universidade Estadual da Paraíba, e deu uma declaração aos jornalistas. Ele justificou o cancelamento da entrevista alegando estar impedido de falar sobre as mudanças na pasta que comandará em substituição a Nelson Jobim, que deixou o cargo ontem em razão de recentes declarações que causaram desconforto ao governo federal. 

A nomeação de Amorim e a exoneração de Jobim estão publicadas no Diário Oficial da União de hoje. 

Amorim está em João Pessoa desde ontem (4). De acordo com a assessoria da universidade, o convite para que o ex-chanceler fizesse uma palestra sobre Relações Internacionais e a política externa no governo Lula foi feito há mais de um mês pela coordenadoria de Assuntos Institucionais e Internacionais (CAII) da instituição. Apesar do cancelamento da entrevista, a palestra está mantida para o final desta tarde. 

O evento teve mais de 500 inscritos de universidades da Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Maranhão, dentre outros estados. A palestra ocorrerá no auditório da Estação Ciência, onde, durante a manhã, Amorim se reuniu com políticos e acadêmicos locais. 

Ex-chefe das missões brasileiras na Organização das Nações Unidas (1995-1999) e na Organização Mundial do Comércio (1999-2000), Amorim foi ministro das Relações Exteriores entre os anos 2003 e 2010, sendo substituído pelo ex-secretário geral do ministério, Antônio Patriota, no início do governo Dilma Rousseff.

Tags: amorim

Compartilhe:

Comentários

1 comentário
  • Roland Scialom, Campinas - SP

    Vamos o tipo de marmeladas Amorim vai armar com as forças armadas, ele que fez parte da irmandande Lula-Ahmadinejad. O assunto "defesa" não é para gente acostumada a armar marmeladas. O Brasil está ainda para ver aparecer um Ministro da Defesa de verdade, pois a maioria dos membros do Executivo não páram de fingir que governam e desenvolver corrupção de diversos tipos (desvio de fundos, patotismo, nepotismo etc).

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.